PUBLICIDADE

Pra todos os gostos

01:30 | 04/05/2019

- CONTADOS nos dedos, nada menos do que cinco clubes cearenses estarão em ação neste fim de semana em competições nacionais. Exceção apenas a Série B, todas as outras terão presença de representantes da terra. Inclusive a Série D, última da fila, marcando estreias de Atlético Cearense e Floresta. Isso posto, o cardápio é amplo e pra todos os gostos. Do mais requintado ao prato mais popular. Sirvam-se à vontade.

TROCA-TROCA

- BRASILEIRÃO, por exemplo, haverá troca-troca de locais entre Ceará e Fortaleza. Alvinegro, hoje, 21 horas, Castelão, terá pela frente o segundo clube mineiro seguido. Desta vez o Atlético-MG, rival do Cruzeiro, de quem o Ceará perdeu quarta última. Já o Fortaleza preencherá o domingo longe dos olhos da sua torcida, no estádio Nilton Santos, de propriedade do Botafogo, seu adversário.

JOIOS & TRIGOS

- ENQUANTO o Brasileirão estiver engatinhante, fica quase impossível fazer uma avaliação dos grandes favoritos. Por enquanto todos estão no páreo, mesmo os que vêm mais atrás (Vasco e Fluminense), que começaram mal da pernas. Parte que nos toca - Ceará e Fortaleza estão parelhas. Ganharam e perderam. Perderam e ganharam. Em casa ou fora, preferível não arriscar qual deles se sairá melhor. Só a partir de quinta ou sexta rodadas, olhe lá, é que começarão a ser separados joios e trigos. Panorama atual todos estão embolados.

O FILHO PRÓDIGO

- FERROVIÁRIO, estreará aqui pela Série C, aquela mesma onde o Fortaleza penou oito longos anos. Na estreia arrancou empate com Botafogo-PB. Nada mal. Amanhã a parada será mais dura. Adversário, Santa Cruz, apontado como um dos favoritos. Pelo nome ou pela tradição? Pelas duas coisas. Ferrão resolveu, mesmo sabendo o rotundo prejuízo que terá, jogar no Castelão. Caberia muito bem no PV, mas questão de gosto, mesmo com prejuízo, não se discute. Do Ferroviário, sabe-se apenas que fez reformulação no elenco. Reforços como sempre virão de clubes do Piauí, Paraíba, Maranhão e outros menos votados. De novidade mesmo apenas o retorno, dez anos depois, do Léo Jaime, já com 33 anos. Filho pródigo está sempre voltando. É bíblico.

PRIMEIRO DEGRAU

- PRA completar o recheio do cardápio, Floresta e Atlético Cearense estrearão na Série D. Primeiro degrau para quem quer subir na vida. Ops! Nos Brasileiros. Ferroviário veio de lá. Que Floresta e Atlético tenham a mesma sorte. Sem esquecer. Tanto um quanto o outro comerão o que o Dante comeu nas profundezas do seu inferno.

FORÇA MAIOR

- FINALMENTE o marketing do Ceará, ou mais precisamente o presidente Robinson, acordou pra realidade ao lembrar-se do sócio-torcedor. A promoção do sócio popular, que já vingará a partir de hoje contra o Atlético Mineiro, foi um achado. Apenas R$ 10 pra quem se associar. A partir daí mais R$ 10 pra ver qualquer jogo do Brasileirão em lugar especialmente reservado pra quem aderir. Consta que o presidente Robinson copiou este modelo do Cruzeiro. Pelo sim, pelo não, imitar o que atrai e cativa o torcedor não é nenhum pecado. Se dará certo? Apostem todas as suas fichas que sim. Ceará, enfim, lembrou-se que é do povão, de lá vem sua força maior. Bingo!

UTILIDADE PÚBLICA

- TORCIDA do Ceará pede publicamente, até de joelho se for o caso, ao Ricardo Bueno nunca mais na sua vida voltar a bater pênalti. Aquele que telegrafou pro goleiro do Cruzeiro tirou do Alvinegro um ponto precioso, quem sabe até três.

HERANÇA MALDITA

- LISCA dispensado pelo Ceará, porém deixou lá dentro herança maldita sem tamanho. Bando de jogadores medíocres - Roger, João Paulo, Richard, dentre outros. Presidente Robinson entregou ao gerente Segurado a missão de desovar todos de qualquer jeito. Mesmo de graça? Sim. Pelo menos emagrecerão a robusta folha alvinegra. Que consolo!

TAGS