PUBLICIDADE

A quem interessa?

05:00 | 28/02/2019

- TIME do Atlético-GO, que goleou o Atlético-CE (4 a 0), tem atacante sob medida que Ceni quer e sonha pro Fortaleza.

- TRATA-SE do centroavante Pedro Raul, quase dois metros de altura, bom no cabeceio, melhor ainda pra concluir jogadas dentro da área, autor de três gols.

- VEIO do futebol português, descoberto pelo clube goiano, virou ídolo cedo, nem tanto pelo futebol que pratica, sim, pela intimidade com as redes, pois todo mundo sabe que torcedor adora quem faz gol.

- DECEPCIONANTE atuação do Atlético-CE, longe de invalidar a goleada que levou, aliás merecidamente. Por se tratar de equipe imprevisível, ou seja, faz partida boa, na próxima mais parece um fantasma da anterior.

- TIME goiano também não é esse balaios, mas tem um artilheiro que conhece os caminhos das redes - por cima e por baixo. Ou seja, quem tem um goleador nato tem (quase) tudo.

- GRANA alta que o nosso Atlético iria ganhar, se tivesse vencido, foi pro clube goiano, embora com primeira vitória obtida recebeu acima de R$ 1 milhão, que lhe dá bom respaldo financeiro, se é que vale como consolo.

CHEIRANDO A PIZZA

- HÁ de tudo no futebol. Não necessariamente no futebol cearense, onde acontece coisas do arco da velha.

- POUCA gente sabia que, final dos jogos, algumas diretoria distribuem aos jogadores pizzas. Isso mesmo, pizzas.

- PARA que servem? Vai ver matar a fome dos atletas, recomendado por algum desses nutricionistas. A maioria leva pra casa. Outros devoram as pizzas ali mesmo.

- SE mal pergunto - com ou sem orégano?

BICHOS DE ORELHA

- NÃO foi por falta de aviso aqui deste canto precioso, que a Copa do Brasil é o tida como a competição onde todo bicho de orelha entrada. Com o devido respeito.

- ONTEM foi a vez de se descobrir que Foz de Iguaçu tem um time de futebol. Por qual janela ele entrou pra disputar esta grande farsa que é a Copa do Brasil, sabe-se lá. Mas entrou.

- NÃO deve ter sido pelo ranking do campeonato do Paraná, onde é um dos últimos colocados e não venceu ninguém. Como ganhou do Boa-MG, pior que ele, na Copa.

- FOI este o adversário que o Ceará enfrentou cedo da noite, em campo minúsculo, onde só cabem 5 mil torcedores, ainda por cima chamado de ABC. Por que ABC? Sabe-se lá.

- QUESTÃO de gosto não se discute. Devia se chamar "Cataratanão" em homenagem as sete quedas das cataracas que faz da Foz um dos pontos turísticos do Brasil.

- TAMBÉM famosa porque lá está a Ponte da Amizade, onde fica a fronteira com o Paraguai. Por esta ponte entra todo tipo de contrabando, dando trabalhão a Policia Federal.

EXPLICA, NÃO JUSTIFICA

- FINALMENTE o advogado do Ceará, Jamilson Veras, arranjou tempo pra falar no meu Trem das 5, sobre o rumoroso caso do lateral Jonatan.

- RUMOROSO no caso aí porque o Santos embroma em fazer o pagamento da multa contratual do atleta, R$ 6 milhões. Embroma e enrola com papo furado. Enquanto isso, o tempo passa.

- PONTO principal da entrevista, quando perguntado quem autorizou o atleta a viajar. Dr. Jamilson saiu-se com esta - pra fazer exames, mas não lá e sim aqui. Dá pra entender? Ninguém.

- PRA acabar com a enrolada, Santos ficou de pagar até amanhã. Caso contrário? Ceará suspende contrato do atleta.

- TANTA fumaça assim, imaginou-se uma grande fogueira. Fumaça, sim, e muita. Fogueira, quase nenhuma. É pagar, ficar com o jovem atleta, fim de papo.

- ANTES que esqueça. Santos informa que carece de fundamento de que suas contas estejam bloqueadas, sempre cumpre com seus compromissos assumidos etc e tal.

- OK, ok, agora pergunto - e eu com isso...

BOCA DE FORNO

FORTALEZA, ontem, 9 e meia da noite em Horizonte, pelo Campeonato Cearense que morreu e sabe que morreu. Jogo neste horário devia estar preso numa masmorra quem impõe isso ao torcedor. Um ato de crueldade, insano, de sadismo e sobretudo de burrice elevada ao cubo.

ALAN NETO