Participamos do

Um cordel pessimista

01:15 | Abr. 12, 2022
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Depois de um dia bem puxado

Escrevo aqui esse repente

Como uma boa proletária

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Tentando aliviar a mente

O ano mal se chegou

E já tá todo exigente

Não sei se é só impressão

Mas tá tudo diferente

É cobrança pra todo lado

Sufocando toda essa gente

Não existe mais o ócio

Que formava grandes mentes

O sistema tá se expandindo

E as gerações seguem passando

Mas ninguém tá se ligando

No que isso tá resultando

Uma juventude adoecida

Com o celular vibrando.

Queria ser mais otimista

Acreditar no social

Mas isso tá bem difícil

No país do carnaval

Só resta a alienação

No universo virtual.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar