Participamos do

Somente o que queremos

00:30 | Jun. 15, 2021
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Tempos árduos. Nem parece de verdade, o sofrimento que acontece em tantas famílias. Parece surreal toda essa situação. É com tanta lástima que vivemos. Quase 2 anos e estamos praticamente no mesmo lugar. A esperança esvai-se aos poucos, porém, vendo a vacinação avançando, observando a inocência das crianças, recebendo um agrado de quem amamos, realizando nossa parte, sendo a diferença, resistindo e não nos deixando abalar, no final do dia, mesmo não tendo movido uma montanha, talvez possamos dormir em paz. Por um momento, todas as tristezas se esvaem e somente o que resta é a fé. Em nossos sonhos, onde tudo é possível, os limites do real são ultrapassados, e, apenas vivemos felizes com nossas simples vontades, nossos amores, sem rancores e com aquela paz inestimável que tanto sonhamos nesse momento. É tudo o que mais queremos, nesse momento. É somente o que queremos.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags