PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Ansiedade e pandemia

00:30 | 06/04/2021

A vida sempre foi um pouco mais difícil para o ansioso, principalmente agora em meio a essa pandemia. Infelizmente as noites de sono não têm sido restauradoras. Todo dia uma incerteza diferente do amanhã. "E se eu adoecer?" "E se eu perder alguém que amo?" "E se..."

A questão, meu caro ansioso, é que nós sempre cometemos o mesmo erro: esquecer de viver o agora. Eu sei que é difícil se concentrar no dia de hoje com as infinitas possibilidades do amanhã, mas, de todas as crises que já tivemos, quantas delas tiveram o final trágico que esperávamos?

No dia que paramos para pensar em todas as crises e avaliar seus finais, chegamos à conclusão de que "surtamos" à toa. A questão é: enquanto você se preocupa com o amanhã, poderia estar fazendo algo melhor agora. Lembrou-se de abraçar a pessoa que você ama hoje? De se alimentar melhor? De aperfeiçoar um talento seu?

Veja essa pandemia como uma pausa, como um momento para você se conhecer melhor. É difícil dividir um espaço limitado com a ansiedade, eu sei, mas quando você aprender a conviver com ela e aceitar que o amanhã não pertence a ninguém, muito menos a nós, meros ansiosos, você passará a viver melhor o presente e a temer menos o futuro. Lembre-se de fazer o possível para que cada dia seja melhor que o outro.

TAGS