PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Redução de ônibus à noite gera queixas na população

| Transporte Público | Além da frota reduzida, usuários relatam ao O POVO encurtamento de rota e gastos com aplicativos de transporte particular

25/05/2019 01:02:32
OFERTA de ônibus à noite continua reduzida na Capital
OFERTA de ônibus à noite continua reduzida na Capital (Foto: Tatiana Fortes)

Retornar para casa após o trabalho, na noite de ontem, foi mais uma vez desafiador para a população que depende do transporte público em Fortaleza, em meio à onda de ataques no Estado desde o último dia 2. A circulação de ônibus é feita em esquema especial no período noturno.

A vendedora Giselle Leitão, 28, saiu mais cedo, às 20h40min, do shopping onde trabalha na Aldeota. O objetivo era conseguir retornar para casa na linha 680 - Cidade Jardim/José Walter. "Sem falar no desgaste físico, porque fica cansado de chegar tarde, tem o desgaste financeiro", reclama.

No terminal do Siqueira, às 22h30min, o movimento era pequeno, uma vez que as linhas do sistema alimentador (bairro-terminal) já tinham parado. Segundo operador do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), apenas cinco linhas Corujão iriam circular, com policiais embarcados após a meia-noite.

A atendente Daniele Castro, 27, aguardava carona de um amigo para o bairro Santo Amaro. "Trabalho na Rodoviária João Thomé. Quando chego aqui, uma hora dessas, não tem ônibus pro meu bairro".

Segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), a partir de 20 horas, o sistema iria operar com número menor de veículos. O sistema alimentador funcionaria exclusivamente com ônibus com policiais embarcados. Após as 21 horas, a frota seria reduzida para 161 ônibus circulando em regime semelhante ao do Corujão.

Alguns passageiros denunciaram diminuição da oferta de veículos e encurtamento da rota de algumas linhas antes das 20 horas. Duas delas, que fazem a ligação do bairro Pedras com o Terminal de Messejana, estariam levando os passageiros apenas à entrada do bairro.

A assessoria da Etufor informou ao O POVO que o encurtamento da rota é uma medida de segurança feita de acordo com a indicação da Polícia.

Isaac de Oliveira

TAGS