PUBLICIDADE
Política
nesta sexta

"Não estou em silêncio e tampouco ficarei", diz Cunha em nota

O ex-deputado escreveu uma carta a próprio cunho em que nega ter recebido dinheiro de Joesley, em troca de seu silêncio

16:52 | 19/05/2017

O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) escreveu uma carta a próprio cunho em que nega ter recebido dinheiro de Joesley, em troca de seu silêncio. A informação é da Folha de S. Paulo.

"Estou exercendo o meu direito de defesa, não estou em silêncio e tampouco ficarei", diz Cunha no texto.

O ex-deputado começa a carta dizendo que rebate "com veemência as informações divulgadas de que estaria recebendo qualquer benefício". "São falsas as afirmações atribuídas a Joesley Batista de que estaria comprando o meu silêncio", disse.

Cunha continua dizendo que "jamais' pediu "qualquer coisa ao presidente Michel Temer".

"Recentemente, após entrevista dele, o desmenti com contundência, mostrando que não estou alinhado com nenhuma versão dos fatos que não seja a verdadeira", finalizou.

Redação O POVO Online