PUBLICIDADE
Curiosidades
Tchau Bosta

Adesivo desintupidor de vaso sanitário viraliza em redes sociais

O produto promete desentupir os vasos sanitários sem sujeira e sem a possibilidade de entrar em contato com qualquer tipo de dejeto que possa estar na privada

12:30 | 07/08/2017

A imagem mostra o funcionamento do produto Tchau Bosta. Com a aplicação do adesivo, a pressão aumentando no vaso sanitário durante a descarga e o adesivo sendo retirado depois de desentupir
A imagem mostra o funcionamento do produto Tchau Bosta. Com a aplicação do adesivo, a pressão aumentando no vaso sanitário durante a descarga e o adesivo sendo retirado depois de desentupir (Foto: Divulgação)

Maurício Durante é um brasileiro que resolveu empreender no ramo de desentupimento de vasos sanitários e vendendo um produto com um nome inusitado: Tchau Bosta.

Trata-se de um plástico adesivo, com direito a um grande emoji de cocô na frente, do tamanho da abertura do vaso sanitário, que gruda na porcelana do assento, cobrindo e vedando tudo.

O Tchau Bosta promete desentupir os vasos sanitários sem sujeira e sem a possibilidade de entrar em contato com qualquer tipo de dejeto que possa estar na privada. Os primeiros vídeos de divulgação alcançaram milhões de visualizações.

Funciona assim: após vedar a abertura, é só dar a descarga e, enquanto mais água for entrando, a pressão aumentará. Isto fará o plástico do adesivo subir e "inflar". Depois é só empurrar o plástico duas ou três vezes e forçar a água para baixo. A água deve descer e, depois que estiver tudo desentupido, é só tirar o adesivo e jogar fora.

O empresário chegou a ir ao programa Shark Tank Brasil – Negociando com Tubarões. Usou de bom humor para explicar como funcionava o produto e o seu diferencial. A intenção era de tentar convencer os investidores que estavam lá a entrarem como sócios no empreendimento.

Apesar de ser um produto incomum no Brasil, ele já existia em outros lugares do mundo há algum tempo. Em 2014 viralizou um produto igual lançado na Coréia do Sul. Veja no vídeo abaixo: