PUBLICIDADE
Ceará
PRESÍDIO FEMININO

Princípio de motim é registrado no Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa

Duas presas ficaram feridas em conflito entre internas de duas vivências, conforme a Sejus. A situação foi controlada por agentes e policiais

14:10 | 10/08/2017

Tumulto começou com briga entre detentas (Foto: Via WhatsApp do O POVO)
 

Um princípio de motim ocorreu na manhã desta quinta-feira, 10, no Instituto Penal Feminino Auri Moura Costa (IPFAMC), na região metropolitana de Fortaleza. O tumulto foi motivado por conflito entre presas de duas vivências, de acordo com a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus). Duas detentas ficaram feridas.

A Sejus divulgou, em nota, que as presas feridas foram atendidas na própria unidade. Agentes plantonistas, agentes penitenciários do Grupo de Ações Penitenciárias (GAP) e policiais militares foram acionados para controlar a situação.

Também nesta quinta-feira, 10, um grupo de detentos da cadeia de São Gonçalo do Amarante rendeu um agente penitenciário e matou três presos, deixando mais dois feridos. A ação ainda resultou na fuga de cinco presos.

Redação O POVO Online