PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Toyota Corolla cada vez menos "tiozão"

Toyota apresenta facelift do sedã-médio. Montadora japonesa conserva motorização, mas adota controle de estabilidade como item de série. Preços variam de R$ 69.690 a R$ 114.990

01:30 | 21/03/2017

Toyota Corolla sai em quatro versões, sendo a Altis (acima) a mais completa ÁTILA VARELA
Toyota Corolla sai em quatro versões, sendo a Altis (acima) a mais completa ÁTILA VARELA
 

Átila Varela

ENVIADO A TUIUTI (SP)*

 

A Toyota tem deixado o Corolla menos “tiozão”. O lançamento do modelo 2018 do sedã médio, em São Paulo, mantém a característica. As mudanças são vistosas na grade frontal, faróis dianteiros e o conjunto óptico traseiro do modelo. A montadora japonesa é clara: quer o público jovem no rol de compradores, mas não vai abrir mão do público que gosta de linhas mais sóbrias.

É um facelift, uma mudança no visual, não uma nova geração. Enquanto ela não chega, a empresa incluiu no Corolla 2018 o esperado controle de estabilidade. Demorou, mas saiu. A montadora não trocou a motorização. Mantém os propulsores 1.8 e 2.0. O 1.8L Flexfuel Dual VVTi DOHC de 16 válvulas rende 144 cv de potência a 6.000 rpm quando abastecido com etanol, com torque de 18,6 kgfm a 4.800 rpm. Já o 2.0L Dual VVTi DOHC fornece 154 cv de potência a 5.800 rotações por minuto e torque de 20,7 kgfm a 4.800 rpm. O cliente também pode optar pelas transmissões manual (seis marchas) ou CVT Multi-Drive com as borboletas no volante.

Ao todo, o Corolla tem quatro versões: GLi (a partir de R$ 69.690), XEi (R$ 99.990) e Altis topo de linha (R$ 114.990). A versão XRS é a mais “esportiva” ao preço de R$ 108.990. O veículo já está à venda na rede de concessionários.

Interior x exterior

No exterior, a aposta são os faróis em LED com nivelamento automático nas versões (XRS e Altis). A linha de cintura do veículo também ficou mais alta e uniforme. Todas as versões (exceto a GLi) saem com rodas de liga leve aro 17.

 

O acabamento interno não deixa a desejar. Os bancos saem em combinações em couro. O material emborrachado no painel substituem a rigidez e deselegância do plástico. O ar-condicionado dual zone só pode ser encontrado como item de série na versão Altis.

Teste na estrada

O POVO testou o modelo Altis na rodovia SP-280 e no kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri, Interior de São Paulo. O modelo apresenta boa condução, o isolamento acústico funciona de maneira satisfatória. Colocamos também à prova o controle de estabilidade. A calibração do sistema segura o motor e distribui o peso para as rodas de maneira uniforme, evitando que o veículo sobre em curvas.

*O jornalista viajou a convite da Toyota

SERVIÇO

Toyota em Fortaleza

Newland

Endereço 1: Avenida Vicente Castro, 5301 - Mucuripe

Telefone: 4008.6900

Endereço 2: Avenida Washington Soares, 1550 - Edson Queiroz

Telefone: 4005.1400

TAGS