PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Marcus Vale: Einstein e a cidade de Sobral

O grande sábio afirmou que a luz, esse fenômeno intrigante, pode ser desviada ao passar perto de um grande astro

01:30 | 04/05/2017
Apesar da importância do assunto, a maioria dos cearenses não sabe que Sobral, a progressista cidade do interior cearense, foi palco do trabalho de observação astronômica que, definitivamente, mostrou que Einstein tinha razão. O grande sábio afirmou que a luz, esse fenômeno intrigante, pode ser desviada ao passar perto de um grande astro. Como físico teórico, Einstein previu e calculou o tamanho do desvio que sofreria um raio de luz ao passar perto da grande massa do Sol. A questão era provar experimentalmente essa afirmação, pois significaria validar a famosa teoria da relatividade que revolucionou os conceitos científicos de então. Simplificando, tratava-se de provar que a trajetória da luz é modificada pela deformação do espaço causada pela grande massa da nossa estrela.

A estratégia para gerar essas provas foi a de medir esse desvio durante um eclipse total do Sol. Isso permitiria visualizar determinada estrela cujos raios luminosos chegassem até nós passando ao lado da nossa estrela. Se fosse correta a teoria de Einstein, a estrela seria visualizada em um local ligeiramente diferente da sua localização real. E foi justamente isso que foi demonstrado.

Em 29 maio de 1919, estava previsto um eclipse total do Sol que poderia ser visualizado ao longo de uma estreita faixa do globo terrestre. E Sobral estava justamente nela. Outras cidades também estariam com essa mesma condição, como era o caso da Ilha do Príncipe, na África. Equipes de cientistas britânicos, americanos e brasileiros montaram seus equipamentos em Sobral e na ilha africana. Essa história foi contada no livro “O Peso da Luz” da escritora cearense Ana Miranda, que inclui personagens reais e fictícios.

No dia previsto, Sobral amanheceu nublado, mas, na hora do eclipse de 6 minutos de duração, o céu sobralense colaborou. Infelizmente, choveu muito na Ilha do Príncipe. Assim, só as fotos de Sobral foram captadas e fazem parte das provas definitivas para validar a teoria do gênio Einstein.

No próximo ano de 2019, serão comemorados os 100 anos dessa comprovação e nada mais justo que uma das festas se dê em Sobral. Já existem planos para a tal festa na cidade com a presença de grandes nomes da ciência nacional e estrangeira. Nós, cearenses e brasileiros, não devemos deixar passar em branco essa grande conquista da ciência da qual o Ceará foi palco.

Marcus Vale

valemarcus@yahoo.com

Diretor da Seara da Ciência e professor da UFC