PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Joaquim Cartaxo: "O futuro atropela"

01:30 | 21/03/2017
Os livros “Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley; “1984”, de George Orwell, e “Eu, Robô”, coletânea de nove contos escrito por Isaac Asimov, apesar de seus mais 60 anos de existência, são cada vez mais atuais quando falamos de megatendências das sociedades contemporâneas, como engenharia genética; controle, privacidade e segurança; robótica.

 

Ideias que, na época do lançamento dos livros, pareciam absurdas, hoje se apresentam cada vez mais factíveis. Uma dessas megatendências é o surgimento de barcos, drones, aviões, carros e caminhões sem motoristas, resultantes do desenvolvimento de sensores e inteligência artificial.


Outro exemplo é a impressora em 3D, tecnologia capaz de revolucionar o processo fabril com a redução de resíduos e a possibilidade de personalização dos produtos. Na robótica, o rápido desenvolvimento de sensores fará com que os robôs passem a compreender e responder melhor a tarefas variadas, transformando a colaboração entre seres humanos e máquinas em uma realidade cotidiana.


As novas tecnologias apontam mudanças na relação de consumo de bens e serviços pela sociedade. As novas plataformas tecnológicas estão tornando possível aquilo que, hoje, chamamos de economia sob demanda ou compartilhada. Essas plataformas, fáceis de usar em um smartphone, derrubam barreiras para que empresas e indivíduos criem riquezas, alterando ambientes pessoais e profissionais.


Este é o caso da Uber, empresa de transporte que não possui um carro; do AirBnb, empresa de hospedagem que não possui imóveis; do Alibaba, varejista que não possui estoque ou do Facebook, empresa de mídia em que o conteúdo é produzido pelos próprios usuários.


As mudanças que estão sendo e que serão produzidas, a partir do avanço da tecnologia, são muitas e em campos diversos, mas todas trazem a certeza de que o futuro não espera. Quem buscar compreender e se antecipar às mudanças escapará de ser atropelado por elas.

 

Joaquim Cartaxo

cartaxojoaquim@bol.com.br

Arquiteto urbanista e superin-tendente do Sebrae/CE