PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Jogadores do Fortaleza são agredidos após o jogo

01:30 | 17/07/2017

A insatisfação da torcida do Fortaleza após o empate por 1 a 1 com o Remo não ficou só nas vaias após o apito final da partida. Depois do jogo, um grupo de torcedores agrediu quatro jogadores que estavam saindo do vestiário do Presidente Vargas.

De acordo com relatos de testemunhas e dos atletas, com confirmação oficial da assessoria de imprensa do clube, os zagueiros Adalberto e Edimar, o volante Wellington Reis e o atacante Jô estavam deixando juntos o vestiário do PV, ainda nas dependências do estádio, portanto, quando foram cercados por cerca de dez torcedores, todos sem camisas, que chegaram reclamando de forma ríspida com os atletas.

Foi quando ocorreram as agressões verbais e físicas, com chutes e empurrões. A confusão, que durou menos de um minuto, acabou após a chegada da Polícia Militar e é mais um capítulo na série de protestos e agressões que atletas do Fortaleza sofreram em 2017.

Na próxima sexta-feira, tentando se recuperar, o Leão entra em campo fora de casa pela 11ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O adversário será o Botafogo-PB, que perdeu nesta rodada da competição para o Cuiabá por 1 a 0. Marcado para João Pessoa, o confronto começa às 21 horas. (André Almeida)