PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Fortaleza precisa definir seus defensores titulares

01:30 | 21/03/2017

Del'Amore espera se firmar titular após a estreia contra o Tiradentes
Del'Amore espera se firmar titular após a estreia contra o Tiradentes
 

Com time titular ainda passando por formatação, Fortaleza tem na defesa uma das principais indefinições neste início de temporada

Aos poucos, o Fortaleza vai encontrando seu time titular para a temporada 2017. Seja por contusões, suspensões ou opção dos treinadores — primeiro Hemerson Maria e agora Marquinhos Santos —, o Leão ainda não tem definidos aqueles 11 atletas que começam o jogo.


O sistema defensivo, considerando a primeira linha de quatro

jogadores, com zagueiros e laterais, foi um dos setores que mais sofreu modificações até aqui.


Levantamento feito pelo O POVO contou dez formações diferentes de defesa nos 16 jogos que o clube disputou até o momento.


Além disso, a média de idade dos defensores tricolores variou bastante, mas não ultrapassou 28 anos, demonstrando que o setor conta com atletas jovens.

 

NÚMEROS DEFENSIVOS

A dupla de zaga que mais atuou com a camisa tricolor este ano foi formada por Heitor e Ligger, em doze oportunidades. Eles são, entretanto, os dois mais velhos da posição, com 27 e 28 anos, respectivamente.


Com Ligger barrado, Heitor fez ainda mais três jogos ao lado de Max Oliveira, que tem 23 anos.

&nsbp;

E na primeira partida das quartas de final do Estadual, contra o Tiradentes, Marquinhos Santos escalou Del’Amore, de 20 anos, ao lado de Max Oliveira. Nessa partida, o sistema defensivo teve a menor média de idade da temporada, aproximadamente 22 anos — já que Felipe, que atuou como lateral direito, tem 22 e Bruno Melo, que atuou como lateral esquerdo, tem 24 anos.


Em termos de gols sofridos, até por terem jogado mais tempo, Heitor e Ligger formaram a defesa mais vazada, com dez (média de 0,83) dos 14 gols que a equipe tomou até aqui.


A dupla Heitor e Max tem a melhor média, com apenas um gol sofrido em três partidas (0,33), enquanto a jovem dupla Del’Amore e Max sofreu dois em uma única atuação.


Na quarta-feira, 22, contra o Bahia, em jogo para cumprir tabela pela Copa do Nordeste, o Fortaleza deve ter sua 11ª formação diferente na linha de defesa, com Eduardo, Del’Amore, Ligger e Allan Vieira. A média de idade será de aproximadamente 23 anos.


Ano passado, Lima e Edimar foram dupla fixa na maior parte da temporada. (Brenno Rebouças)