PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Ligações mais baratas para o Peru

01:30 | 19/06/2017
As chamadas telefônicas entre as cidades de fronteira do Brasil e do Peru poderão ser cobradas como ligações locais. Um acordo entre os dois países para implantação de um “projeto piloto” de integração das redes de telecomunicação da região de fronteira foi publicado no último dia 16, no Diário Oficial da União. O objetivo é minimizar o custo das ligações.

 

O “projeto piloto” será implantado nas cidades de Assis Brasil, do lado brasileiro, e de Iñapari e Iberia, do lado peruano. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o acordo visa integrar a oferta de serviços de telecomunicações, permitindo a livre circulação de informação, com confiabilidade, segurança, baixo custo e velocidade na comunicação de dados.

Dentre outros pontos que se quer evitar é o chamado “roaming inadvertido” (quando é cobrado o roaming internacional por conta da proximidade das antenas, mas efetivamente o usuário não saiu de sua cidade) o que, além dos custos, pode também causar interferências prejudiciais à qualidade do serviço.

A partir dos resultados deste projeto, a Anatel quer expandir o modelo para outras regiões fronteiriças e demais países da América do Sul. Já existem negociações para o estabelecimento de acordos parecidos com a Argentina, Uruguai e Paraguai.

TAGS