PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Arrecadação x tecnologia

01:30 | 19/06/2017
O setor automotivo é um bom exemplo do contraste entre emprego de tecnologias e arrecadação. Em 1986, 24 fábricas instaladas no País empregavam, 129 mil pessoas Na média, era como se cada funcionário produzisse oito carros por ano. No ano passado, o número de fábricas havia dobrado - eram 48 -, mas o número de funcionário caído para 104,4 mil: na média, eram 21 carros por funcionário.

 

“O aumento do nível de automação melhora a produtividade e com menos trabalhadores se produz muito mais”, diz o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Antonio Megale. Afonso lembra que um número menor de trabalhadores também significam redução na arrecadação sobre a folha de pagamento.

A mesma regra é empregada nas concessionárias, que utilizam sistemas de gerenciamento de estoques, o que facilita a transmissão de dados para montadoras e fabricantes, reduzindo a contratação de novos funcionários. (Agência Estado).

TAGS