PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Alunos da rede estadual terão mês com atividades de lazer e cultura

01:30 | 05/08/2017


650 alunos participaram do lançamento na tarde de ontem no TJA
MARIANA PARENTE/ESPECIAL PARA O POVO
650 alunos participaram do lançamento na tarde de ontem no TJA MARIANA PARENTE/ESPECIAL PARA O POVO

No mês em que se comemora o Dia do Estudante, alunos da rede estadual de ensino terão oportunidade de aprender fora da sala de aula. A proposta do projeto AoGosto do Aluno, da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), é realizar durante este agosto atividades de cultura, lazer e preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A 2ª edição do projeto foi lançada ontem, no Theatro José de Alencar (TJA), no Centro.

 

As atividades abrangem escolas de Fortaleza e do Interior. A secretaria estima que cerca de 400 mil estudantes possam participar das ações. Eles visitarão museus, teatros, cinemas, parques aquáticos, assistirão a jogos de futebol no Castelão e participarão de atividades de esporte ao ar livre. “O projeto tem o sentido de ocupar os espaços culturais das cidades. E também tem a questão pedagógica, com várias ações voltadas ao Enem”, afirmou o secretário Idilvan Alencar.

As atividades voltadas à preparação para o exame contam com o lançamento de um cursinho online chamado #EnemNaRede, além do Quiz Enem, em que os alunos poderão testar conhecimentos pelos smartphones. As ferramentas serão lançadas terça-feira, 9, em Sobral.

No Dia do Estudante, 11, os municípios participantes vão realizar corridas de rua. A programação conta ainda com a II Corrida das Escolas Públicas Estaduais na avenida Beira Mar, na Capital. O evento, que é uma parceria com a Fundação Demócrito Rocha, será no próximo dia 20, com viagens de premiação para os primeiros colocados.

As atividades se encerram no dia 31, com o II Festival Alunos que Inspiram, noDragão do Mar, na Capital. Lá, os estudantes vão apresentar atividades artísticas desenvolvidas nas escolas nas linguagens: artes visuais, música, literatura, audiovisual, dança e teatro.

“O bom é que isso acaba facilitando o que a gente aprende na escola”, avalia Beatriz Silva, 16, que estuda em Horizonte e diz que atividades de lazer ajudam a reduzir a pressão para o Enem.