PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Quatro mulheres são mortas em 24 horas no Interior

Os crimes aconteceram nos municípios de Quixeré, Missão Velha, Jaguaretama e Crateús. Suspeitos foram identificados em dois dos casos, mas ninguém foi preso até o fechamento desta página

01:30 | 29/04/2017

 

Maria Elisomar de Brito, de 32 anos, Maria José da Silva, 60 anos, Joana Layla Moura de Oliveira, 19 anos, e Tais Ferreira de Oliveira, de 25 anos, foram mortas em menos de 24 horas no interior do Ceará. Os crimes aconteceram nos municípios de Quixeré, Missão Velha, Jaguaretama e Crateús, respectivamente.

 

Segundo relatórios do Comando de Policiamento do Interior, obtidos pelo O POVO, três mortes foram registradas na última quinta-feira, 27, às 8h20min, às 16h50min e 22h05min. O único caso de ontem foi às 5h45min. Em duas das ocorrências, os suspeitos foram identificados, mas ninguém foi preso até o fechamento desta página.

Casos

Na quinta, às 8h20min, em Quixeré, Maria Elisomar de Brito foi morta com nove perfurações a bala e encontrada pela Polícia na cozinha da residência da mãe. No lugar, a Perícia constatou 10 cápsulas de pistola, sendo seis de calibre .40 e quatro de 9 milímetros. De acordo com o relatório, testemunhas informaram à Polícia que o crime foi praticado por dois homens em uma motocicleta. Um dos criminosos entrou na casa pela porta da frente e o outro por um corredor lateral. Ambos surpreenderam Elisomar, que não teve chance de defesa.

 

O celular dela foi apreendido e dois suspeitos foram identificados. Conforme as informações colhidas pela Polícia, ela e o companheiro já teriam sofrido uma tentativa de homicídio meses atrás, mas o alvo do crime seria o companheiro dela.

No mesmo dia, às 16h50min, Maria José da Silva foi morta em Missão Velha. Ela é natural de Alagoas e foi morta a tiros. Segundo a Polícia Civil, a vítima estava na própria residência, quando dois homens chegaram e a chamaram. Quando Maria foi atender, um dos criminosos sacou uma arma de fogo e efetuou disparos. O homicídio foi registrado na Delegacia Regional de Juazeiro do Norte e foi transferido para a Delegacia Municipal de Missão Velha, que ficará à frente das investigações.

Em Jaguaretama, a Polícia Militar foi acionada para um tiroteio em um estabelecimento conhecido como Bar da Sola, na noite de quinta. Layla Moura de Oliveira, também conhecida como Pretinha, foi encontrada morta em um terreno baldio próximo. Uma outra mulher foi baleada no braço. O levantamento da PM apurou que Layla namorava um traficante que estaria envolvido na morte de dois policiais militares.

Já Thais Ferreira foi morta ontem, às 5h45min, em Crateús. Ela apresentava um ferimento na nuca referente a um disparo de arma de fogo. Segundo a Polícia Civil, mais informações sobre o caso não seriam divulgadas para não prejudicar as investigações em andamento.

 

Saiba mais

Mortes de mulheres

Em 2014, foram registrados 264 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) contra mulheres no Estado.

 

Em 2015, esse número diminuiu para 237 casos. Os dados são do setor de estatística da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

 

Violência doméstica 

Sobre a Lei Maria da Penha, foram registrados no Ceará 3.296 casos de violência doméstica em 2014 e 3.631 casos em 2015.

JéSSIKA SISNANDO