PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Com 46 homicídios, Ceará registra fim de semana mais violento do ano

46 pessoas foram mortas em 72 horas. Os crimes em Fortaleza e Região Metropolitana representam 73,9% dos casos que aconteceram em todo o Estado. Pelo menos 15 pessoas foram mortas por dia durante o fim de semana

01:30 | 21/03/2017
[FOTO1]

 

O Ceará teve o fim de semana mais violento do ano com 46 homicídios em 72 horas, uma média de pelo menos 15 mortes por dia. Nos últimos dez fins de semana, o Estado não havia registrado número maior que 40 mortes violentas. O levantamento tem como base o relatório de ocorrências diárias da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

 

Conforme o balanço, de sexta, 17, a domingo, 19, das 46 mortes registradas, 34 aconteceram em Fortaleza e Região Metropolitana, o que representa 73,9% dos casos.


A primeira morte registrada na sexta-feira, conforme o relatório da SSPDS, foi a de Ewerton da Costa Santos, de 21 anos, conhecido como Saboré, no bairro Aerolândia. O POVO apurou que Ewerton seria integrante do Comando Vermelho (CV). A morte de Saboré não vai para os registros de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), pois aconteceu em intervenção policial.


Ainda na sexta-feira, foram registrados mais oito homicídios em Fortaleza, das 15 às 20h30min. Mais de uma morte por hora na Capital.


No dia seguinte, 11 pessoas foram vítimas de crimes violentos somente em Fortaleza. Na Região Metropolitana foram contabilizados mais quatro casos. Um deles, o do cabo da Polícia Militar do Ceará, Luís Carlos Ribeiro, 49. No mesmo dia, Israel Vieira Lima, 20, foi preso em flagrante suspeito do crime. Dois adolescentes que teriam participado do homicídio foram identificados. A informação foi divulgada ontem pelo diretor da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Leonardo Barreto.


O delegado informou que o crime foi motivado por discussão entre a vítima e um dos suspeitos. Barreto afirma que o cabo Israel “tentava manter a ordem na região, que era conturbada pelos adolescentes”.


Já no domingo, foram cinco homicídios na Capital e dois na RMF.


Interior

No Interior, foram registrados um homicídio na sexta (no Interior Sul), sete no sábado (sendo quatro no Interior Norte e três no Interior Sul) e 4 no domingo (todos no Interior Sul).

 

Entre os crimes registrados no domingo, está o caso de um adolescente de 17 anos que esfaqueou três crianças e a mãe delas, em Uruburetama (que fica a 118,4 km de Fortaleza). Um menino de sete anos foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Sobreviveram uma criança de quatro anos e um bebê de um ano, além da mãe. O adolescente foi apreendido.


Agressão

No mesmo dia, a travesti Paulete, de 42 anos, foi agredida com chutes, socos e ferida a golpes de faca. O crime aconteceu em Morrinhos, a 220 km de Fortaleza. Foram presos José Edson de Maria, de 33 anos, e Francisco Edvan de Araújo, 30, suspeitos do crime. Uma terceira pessoa segue foragida.

 

Números

 

46 mortes violentas foram registradas entre a sexta-feira, 17, e o domingo, 19

 

34 dessas mortes aconteceram em Fortaleza e na Região Metropolitana

 

Saiba mais


Mortes violentas

Sexta-feira, 17

Fortaleza - 9

RMF - 3

Interior Norte - zero

Interior Sul - 1

 

Sábado, 18

Fortaleza - 11

RMF - 4

Interior Norte - 4

Interior Sul - 3

 

Domingo, 19

Fortaleza - 5

RMF - 2

Interior Norte - zero

Interior Sul - 4

 

Total

Sexta - 13

Sábado - 22

Domingo - 11

Total - 46 casos

Mortes violentas por fins de semana


Janeiro

Dias 6, 7 e 8 (31 mortes violentas)

Dias 13, 14, 15 (22 mortes violentas)

Dias 20, 21, 22 (32 mortes violentas)

Dias 27, 28 e 29 (31 mortes violentas)

 

Fevereiro

Dias 3,4 e 5 (24 mortes violentas)

Dias 10, 11 e 12 (25 mortes violentas)

Dias 17, 18 e 19 (16 mortes violentas)

Dias 24, 25 e 26 - Carnaval (27 mortes violentas )

 

Março

Dias 3, 4 e 5 (38 mortes violentas)

Dias 10, 11 e 12 (31 mortes violentas)

Dias 17, 18 e 19 (46 mortes violentas)

 

JéSSIKA SISNANDO