PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Reciclagem com propósito social

01:30 | 13/03/2017
Por mais que a indústria da reciclagem tenha evoluído e inovado nos processos de transformação de resíduos, nem tudo o que descartamos pode ser reciclado. Ao menos por enquanto. Mas, os avanços são contínuos e, vez por outra, sinalizam novos métodos e materiais passíveis de reciclagem. É o caso das esponjas de limpeza doméstica, aquelas que usamos para lavar louça e limpeza em geral.

 

A TerraCycle, empresa que se posiciona como líder global em soluções ambientais para resíduos de difícil reciclabilidade, transforma esponjas descartadas em matéria-prima para novos produtos e vai mais além: movimenta um programa de coleta gratuito para o consumidor de qualquer lugar do país e ainda reverte doações para instituições sociais. Desse modo, já recebeu meio milhão de esponjas, o que corresponde a quatro toneladas de resíduos. 

 

Essa iniciativa tem o nome de Programa Nacional de Reciclagem de Esponjas. Data de junho de 2014 e conta com o apoio da 3M, empresa que lidera o mercado de esponjas no Brasil com a marca Scotch-Brite.

 

Ação motivadora

Afora o reaproveitamento de resíduos que poderiam poluir o meio ambiente se descartados incorretamente, o programa tem um aspecto social motivador. Envolve o consumidor final em uma ação de grupo, pois ele pode montar um time de pessoas para agilizar a arrecadação, e resulta na doação de valores para instituições que são indicadas por ele.

 

Essa dinâmica se inicia com o cadastro do consumidor no site do programa: (http://www.terracycle.com.br/pt-BR/brigades/brigada-de-esponjas-scotch-brite). Assim que tiver coletado o peso mínimo de 500 gramas de esponjas (na média, uma esponja pesa 8,5 gramas), esse consumidor deve acessar o site novamente e solicitar uma etiqueta pré-paga na página do programa. A remessa, então, pode ser feita pelos Correios, de qualquer parte do Brasil, sem custo para o remetente.

A TerraCycle recomenda que as remessas sejam maiores, de 30 quilos no máximo, e em caixas reutilizadas, mas que não contenham propaganda, para não serem recusadas pelos Correios. Cada esponja enviada soma dois pontos, os quais se convertem em R$ 0,02 (dois centavos) na conta do consumidor no site. A soma arrecadada é, então, doada à instituição que ele indicou.

 

O passo a passo de como esponjas são recicladas, para depois se transformarem em matéria-prima para novos produtos, como pás de lixo, vasos, baldes, lixeiras e suportes de notebooks, está detalhado em vídeo, no site. Nele, o consumidor também encontrará informações sobre uma promoção iniciada em 1º de março.

 

Campanha para aumentar a coleta

A campanha “Limpando minha casa” é um estímulo da TerraCycle e da Scotch-Brite para que haja um aumento na coleta de esponjas. Tem validade até 30 de junho de 2017 e premiará os dez participantes que mais coletarem esponjas de limpeza doméstica com 66 mil pontos extras, considerando a equivalência de R$ 0,01 (um centavo) por ponto acumulado. A destinação dos valores arrecadados continua a mesma: a instituição social que o participante premiado indicar.

 

Essa proposta simples na sua realização é um bom exemplo dos princípios da sustentabilidade postos em prática. A empresa recicladora desenvolve um sistema para tirar do meio ambiente o produto já utilizado e impróprio para reuso, transformando-o em matéria-prima para novos produtos. Recebe o apoio da fabricante do produto, o que demonstra o alinhamento da mesma com a responsabilidade social no pós-venda. Juntas, ambas as empresas envolvem o consumidor final e o convidam para participar de uma ação de cidadania, na qual ele tem papel igualmente transformador. Pode motivar outras pessoas a aderir à causa ambiental em busca de um prêmio. Esse, por sua vez, beneficia diretamente uma instituição social, mas, indiretamente, beneficia a sociedade como um todo. Assim, se fecha um ciclo. Inspirador, não é?

LUCILA CANO