PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

De lutador a dirigente

01:30 | 03/02/2017
CHIQUERIM CRIA FEDERAÇÃO

Como atleta, Williamy Chiquerim foi um dos cearenses que conseguiu chegar mais longe no mundo das artes marciais. Brilhou nos ringues, como campeão brasileiro, sul-americano e (bi)mundial do Shooto; nos tatames, sagrando-se campeão europeu de jiu-jitsu, e passou também pelo octógono mais famoso do planeta, o do UFC. Mas agora, aos 29 anos, decidiu dar um ponto final na carreira de atleta. Sai de cena o lutador, entra em ação o dirigente.

Esta semana, o agora ex-atleta concretizou a realização de seu mais novo projeto: a fundação da Federação Cearense de Muay Thai - Boxe Tailandês (FCMTBT), que ele presidirá. Tudo devidamente homologado e registrado em cartório. “É um novo trabalho, para valorizar mais os atletas, incentivando, dando premiações e fazendo com que eles tenham oportunidades. Acredito que vai dar muito certo”, declarou Chiquerim, ressaltando que a nova federação conta com o respaldo da Confederação Brasileira de Muay Thai- Boxe Tailandês (CBMT).

Amanhã, a FCMTBT vai promover o seu primeiro evento: o Campeonato Cearense de Muay Thai Tradicional, no ginásio da Parangaba, em Fortaleza. A competição, que Chiquerim realiza em parceria com Jean Mascote, envolverá cerca de 200 atletas e conta com uma estrutura de dois ringues. Os combates envolvendo iniciantes e amadores terão início às 8 horas. Já os duelos entre semi-profissionais terão início às 19 horas. Os ingressos para o setor de arquibancada custam R$ 15 e os de cadeira saem por R$ 20, válidos por todo o dia de disputas.

No blog

Confira o vídeo da entrevista em que Williamy Chiquerim dá detalhes de seu novo desafio e do primeiro evento promovido pela FCMTBT: blog.opovo.com.br/clubedaluta

BRUNO BALACó