PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Intolerância às lentes de contato tem solução?

17:00 | 18/03/2017

Uso de lentes de contato pode gerar alergias e intolerância
Uso de lentes de contato pode gerar alergias e intolerância
 

Roberta Fontelles Philomeno

 

1 Muitas pessoas usam lentes de contato nos olhos há alguns anos e de repente, da noite para o dia, as lentes causam alergia. O oftalmologista Dácio Carvalho Costa (CRM 8699 / RQE 6851), da Clínica Pro-Vision, avisa que esse problema é mais comum do que imaginamos e em alguns pacientes é tão grave que desenvolve uma intolerância ao uso. “Algumas pessoas vão se sensibilizando ao longo do tempo, devido ao uso das lentes de contato ou pelo uso dos produtos de limpeza das lentes”.


2 O oftalmologista diz que a alergia ou intolerância ao uso acontece porque o paciente, na maioria dos casos, não produz lágrima suficiente para lubrificar o olho e ao mesmo tempo hidratar as lentes de contato que, em 90% dos casos, são gelatinosas. “Produzindo uma boa quantidade de lágrima, o paciente tem como manter a lubrificação do olho e manter as lentes hidratadas. Quando há a produção de pouca lágrima, as lentes podem induzir ou piorar o problema do olho seco”, explica Dácio Costa.


3 Para você entender melhor, as lentes de contato gelatinosas, as mais usadas pelos pacientes, ‘chupam’ a lágrima do olho para se manterem flexíveis. “Se a pessoa esquecer as lentes gelatinosas fora do estojo, elas ficam enrugadas, secas. Elas necessitam estar constantemente hidratadas e vão dividir a água com o olho”.


4 Só que existem ainda as lentes de contato rígidas, adaptadas em apenas 10% dos pacientes. “De maneira geral, as lentes rígidas são adaptáveis a quem tem problema de olho seco. O material não absorve água, como as gelatinosas, e não causa ou agrava a síndrome do olho seco. Ao contrário, as lentes rígidas podem até estimular a produção de lágrima”, esclarece o oftalmologista.

Colírios lubrificantes podem amenizar os sintomas do olho seco que, muitas vezes, impedem o uso das lentes
Colírios lubrificantes podem amenizar os sintomas do olho seco que, muitas vezes, impedem o uso das lentes

5 A indústria, sabendo que as lentes gelatinosas podem causar o olho seco, tem trabalhado para diminuir o problema. Algumas lentes têm tratamento especial, como as de plasma ou com substâncias capazes de manter as lentes em baixa quantidade de lágrima. “As lentes mais modernas à base de silicone independem da lágrima”, acrescenta Dácio Costa. O médico alerta que só o oftalmologista é capaz de indicar a melhor lente para cada caso, bem como os colírios lubrificantes que são compatíveis com lentes de contato.


6 Mas se você está com alergias e intolerância às lentes de contato nos olhos, não se desespere. Dácio Costa avisa que é possível controlar o quadro, com tratamentos específicos e personalizados, e você voltar a usar as lentes. “Aos pacientes muito alérgicos ou pessoas que não queiram mais usar as lentes, sugerimos a cirurgia refrativa ou o uso de óculos de grau”, finaliza.


ENTENDA A SÍNDROME DO OLHO SECO


A oftalmologista Socorro Carvalho (CRM 5690/RQE 2524) explica que a síndrome do olho seco é provocada pela falta de lubrificação da superfície dos olhos que causa desconforto ocular e alergia e intolerância ao uso de lentes de contato. É a produção insuficiente de lágrima ou até a evaporação excessiva da lágrima. “A lágrima é um mecanismo natural de proteção que nutre e lubrifica o olho, evitando seu ressecamento.


O distúrbio, diz a médica, é bastante comum e pouco conhecido pela população que pode ser desencadeado por uso excessivo do ar-condicionado, poluição, uso intenso de computador, baixa umidade do ar, horas e horas nas redes sociais. “O diabetes, o mau funcionamento da tireoide, alterações hormonais, menopausa, envelhecimento também reduzem a produção de lágrima”, acrescenta. Até piscar pouco pode desencadear o olho seco.


Socorro Carvalho diz que se a síndrome for diagnosticada no início, o tratamento é simples, com lubrificantes oculares, também conhecidos como lágrimas artificiais. Há diversos lubrificantes oculares disponíveis no mercado, uma ferramenta importante de tratamento, mas só o oftalmologista poderá recomendar o melhor para o seu caso.

 

GASTRONOMIA FUNCIONAL

 

OMELETE DE CLARA


A Avine elaborou folder com receitas supersaudáveis, usando o produto Só Claras, rico em proteína e leucina (aminoácido que ajuda a manter os músculos e diminuir a massa gorda).


INGREDIENTES

1 e ½ xícaras de Só Claras Avines

1 colher (sopa) de água

1 xícara de seleta de legumes (já cozidos)

¼ xícara de queixo cottage

Sal e pimenta do reino a gosto

Uma pitada de colorau para dar cor


MODO DE PREPARO

Em um bowl, combine Só Clara Avine, a água e os temperos. Em uma panela antiaderente, deite a misture e cozinhe por 2min. Após um minuto, junte a seleta de legumes já temperada com sal e pimenta a gosto. Polvilhe com o cottage e corrija o sal. Transfira a omelete para um prato, servindo em seguida.

CONHEÇA O LADIES RUN

A Ayo Fitness Club vai comemorar o Dia Internacional da Mulher de uma forma diferente. Dia 26 de março, a partir das 6h30min, vai realizar a 1ª corrida de rua, a Ladies Run. “Somente mulheres poderão competir. A participação masculina será na torcida e no apoio que todas as mulheres amam receber diariamente”, esclarece Sasha Reeves, cap da Ayo.

 

KIT LADIES RUN

Serão apenas 400 vagas, e elas já começaram a ser preenchidas. No roteiro, 5 km de muito ritmo, resistência em trajeto simples, mas desafiador. A largada e a chegada serão, na Ayo Fitness Club. Haverá premiação para as três primeiras colocadas e uma infraestrutura pensada para tornar 26 de março um dia para a mulher. “A Ayo sabe como as mulheres amam correr, e como o trabalho duro para alcançar importantes resultados é uma conquista diária”, completa Sasha. As inscrições ocorrem na recepção da Ayo. Inf.: (85) 3046 1665.

 

CELEBS

Paolla Oliveira está com um corpo incrível para viver a boxeadora Jeiza. Uma policial que trabalha no Batalhão de Ações com Cães e sonha em se tornar lutadora de MMA, na próxima novela das 9, A Força do Querer, na Globo.


A atriz intensificou os treinos de jiu-jitsu, boxe, judô, muay thai, técnicas de defesa pessoal e MMA, com Érica Paes, atleta que inspirou a personagem, criada pela autora da trama, Glória Perez. “Ganhei mais resistência física, uma agilidade. Essa é a melhor mudança”, conta ela, que, devido aos treinos, desfila hematomas nas pernas.


Mas Paolla não reclama. Para ela, o corpo é um instrumento de trabalho e se joga de corpo e alma nas personagens. Ela ainda segue uma alimentação equilibrada, com bastante proteína para deixar o corpo forte, igual aos das lutadoras de MMA.


GALERIA

 

VISITINHA: Jornalista Roberta Fontelles Philomeno e Cristine Lopes, do O POVO, visitam o cirurgião plástico Erik Nery, CONFIRMADÍSSIMO no O POVO Anuário da Saúde do Ceará


Dermatologista Danielle Diniz retorna dos Estados Unidos, onde participou do Miami Anatomical Research Center, com um grupo superseleto de médicos de todo o mundo, e do Meeting, da Academia Americana de Dermatologia. Técnicas avançadas do uso de preenchimentos, principalmente, ácido hialurônico e Botox, dando um novo contorno ao rosto, o chamado lift de consultório.

 

VISITINHA

Farmacêuticas Dinalva Queiroz e Fabiola Soares entregam ao fisioculturista Cristian Simedo, campeão Norte-Nordeste, o terceiro colocado no ranking brasileiro e o 11º do mundo, suplementos nano manipulados, da Evidence Farmácia com Manipulação


Farmacêutica Beatriz Bezerra e a coach e triatleta Shirley Caminha, na Evidence Farmácia com Manipulação


Lutador de MMA Ednaldo Lula entra na arena, em Salvador