PUBLICIDADE
Divirta-se
"Conversa com Bial"

Simone e Simaria choram ao falar da morte do pai: "Muito complicado achar o corpo"

As "coleguinhas" contaram que não desistiram de encontrar o corpo dele e de dar um enterro digno ao garimpeiro

15:30 | 14/07/2017

Simone e Simaria se emocionam ao lembrar da morte do pai (Foto: Reprodução/TVGlobo)

As cantoras Simone e Simária se emocionaram durante o "Conversa com Bial", programa da TV Globo, ao relembrarem a morte do pai. As "coleguinhas" contaram que não desistiram de encontrar o corpo dele e de dar um enterro digno ao garimpeiro.

 

"Faz 21, 22 anos que ele faleceu. Era incrível, maravilhoso, éramos apaixonadas por ele. Íamos com ele pro garimpo, a gente via gente morta pelo chão, as coisas ruins. Ele estava lá buscando uma pedra preciosa para dar uma vida melhor para a família", disse Simária, que não conteve as lágrimas.

"Ele foi enterrado como indigente e está muito complicado achar o corpo. Choveu muito, a enxurrada levou as covas, tem que enxumar, é todo um processo. Quando ele morreu eu ia fazer 11 anos, era louca por ele. Fui dormir e via ele deitado do meu lado, como se estivesse me olhando. Eu disse: 'Quando eu fizer sucesso, pode custar o dinheiro que for, eu venho te tirar desse lugar'. Eu prometi, disse para ele que voltaria para buscá-lo", continuou Simária.

Em seguida, vendo o estado emocional que as cantoras ficaram, Bial levantou da bancada e foi até o sofá entregar lenços de papel para elas. "Desculpa, meu amor, achei que era um assunto que vocês gostavam de falar".

Elas continuaram: "Minha mãe sofreu tanto, meu Deus. Trabalhava lavando roupa dentro do rio para ajudar meu pai a ter mais dinheiro e ter mais comida em casa. Nossa vida não foi nada fácil, acho que a nossa história encoraja as pessoas a buscarem o novo, a partir para a luta".

 

Redação O POVO Online