APLICATIVOS 11/08/2016 - 19h35

Os aplicativos dos jovens empreendedores no Ceará

Universitários ou recém-formados, jovens empreendedores investem no desenvolvimento de aplicativos independentes para grandes plataformas
notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 19094, 'email': 'janainaflor@opovo.com.br', 'nome': 'Janaina Flor'}
Janaina Flor janainaflor@opovo.com.br

O mercado cearense de desenvolvimento em aplicativos e jogos para smartphone ou computador é uma crescente. Geralmente os empreendedores são jovens ainda na faculdade ou recém-formados, que veem na tecnologia uma oportunidade fazer sucesso no mundo, disponibilizando suas criações em grandes plataformas de downloads ou venda.

As lojas dos sistemas operacionais de smartphones, como App Store e Google Play, garantem grande visibilidade dos aplicativos e é de fácil acessibilidade do público. Basta acessar, buscar e realizar o download. No Ceará, jovens estudantes com startups adotam a prática, e falam sobre como é o processo de desenvolvimento até a chegada dos apps nas plataformas. 

Inspirado em um clássico
O desenvolvimento do game Tears of Fate começou em outubro de 2015, com equipe formada por três amigos estudantes do Instituto Federal do Ceará (IFCE), Rodrigo Mendes, Paulo Estevão e José Maurício, e aconteceu durante um projeto sediado na instituição. “Fizemos um planejamento minucioso que nos levou a conclusão de que, como desenvolvedores independentes, a melhor opção seria fazer um jogo com bastante conteúdo para depois vendê-lo. A ideia foi de fazer um jogo de aventura 2D com elementos de RPG. Quem jogar sentirá semelhanças com o famoso The Legend of Zelda”, explica Rodrigo.

José, que era responsável pelas artes, saiu do grupo. Os dois que ficaram, Rodrigo e Paulo, deram continuidade e trabalharam mais cinco meses para disponibilizar o aplicativos na App Store que, de acordo com eles, é um processo muito burocrático. Segundo Estevão, o primeiro passo é ter uma licença de desenvolvedor para publicar na loja, que custa US$ 99 dólares. “Para submeter a aplicação existem vários requisitos: ter uma página on-line para contato, descrição do aplicativo, palavras-chaves, fotos de tela dedicadas a cada aparelho, contratos monetários. Dependo dos recursos da sua aplicação podem existir diversas ações extras necessárias, como descrição de produtos vendidos dentro do jogo, criação de rankings e traduções”, detalha o desenvolvedor.

Tears of Fate possui dois capítulos, e há ganchos para o próximo capítulo. Os desenvolvedores querem alcançar ainda a Play Store, Steam [Plataforma de vendas de jogos no computador]e a loja da Apple TV. De acordo com os garotos, as oportunidades são raras no Ceará, por isso utilizar essa plataforma é tão importante. Para Rodrigo, quando se utiliza uma plataforma de vendas não existem barreiras de região. Seu aplicativo pode alcançar o mundo, assim como Tears of Fate fez”.

O primeiro episódio do jogo está disponível gratuitamente na App Store e o segundo pode ser comprado por US$2.

Viagem organizada

Baseado em experiências das próprias viagens, o estudante de Engenharia da Computação Pedro Albuquerque e o aluno de Ciência da Computação Gabriel  Cavalcante, ambos de 21 anos, desenvolveram o Tripbook, uma espécie de organizador de viagens. “Começamos a trabalhar no aplicativo no começo de maio e depois de três semanas já estava pronto para testes. Quando vimos que nossas ideias tinham chance no mercado, começamos a botar em prática e investir pesado no desenvolvimento. Em junho já estava disponível na App Store”, explica Gabriel.

Como o aplicativo é gratuito, até o momento, o desenvolvedor destaca que não houve uma grande burocracia. “O máximo, até agora, é a questão dos direitos autorais com imagens. A plataforma é muito simples de ser utilizada. Há um bom suporte nos monstrando se existem erros no aplicativo, se existem problemas autorais, número de downloads e suas regiões, entre outros.” É possível, acompanhar o gráfico de rendimento dos downloads e também saber onde o aplicativo foi baixado. Nos Estados Unidos, por exemplo, já são 200 downloads nos e, aproximadamente, 150 na Europa.

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

Vídeos

Teaser da nova revista O POVO Norte play

Teaser da nova revista O POVO Norte

anterior

próxima

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS