TENDÊNCIA 05/09/2016 - 11h54

Conheça tendências apontadas pela WGSN para a beleza

Empresa de pesquisa de consumo e comportamento destaca temas que influenciarão marcas nos próximos anos
notícia 0 comentários
{'grupo': 'Especial para O POVO', 'id_autor': 19099, 'email': 'gabrielacustodio@opovo.com.br', 'nome': 'Gabriela Cust\xf3dio'}
Gabriela Custódio gabrielacustodio@opovo.com.br
5 second Studio/SHUTTERSTOCK

A WGSN, empresa especializada em pesquisa de consumo e comportamento para a indústria criativa, apresentou as principais tendências para o mercado de beleza no mundo e também no Brasil. De acordo com Sofia Martellini, que compõe o time de experts da WGSN, os quatro conceitos que devem influenciar produtos, marcas e lojas nos próximos anos são Tecnologia, Personalização, Alimentação e Sustentabilidade. A pesquisa aponta ainda questões de gênero e do consumo masculino como temas relevantes para o mercado brasileiro.

DIGULGAÇÃO
O Biostamp coleta informações do corpo do usuário, como temperatura, rigidez, hidratação e exposição aos raios UV

Tecnologia
Tanto para a criação de novos produtos quanto para melhorar o processo de produção ou impactar a experiência do consumidor com a marca, a tecnologia se mostra uma aliada para o segmento. Os dispositivos “wearable”, por exemplo, podem ajudar a detectar as necessidades do corpo. O Biostamp, criado por John A. Rogers, é um adesivo que coleta informações do usuário - como temperatura, rigidez, hidratação e exposição aos raios UV - para que sejam analisadas no computador.

As inovações tecnológicas podem ajudar inclusive a diminuir o desperdício e o impacto no meio ambiente, como  é o caso da impressão 3D na parceria entre a L’Oréal e a Organovo, empresa de impressão biológica. Com a criação de peles artificiais, que são usadas para teste de cosméticos, o processo pode ajudar a diminuir os testes em animais. A pesquisa cita ainda o uso da realidade virtual aumentada e de outros dispositivos digitais pela indústria e pelas lojas.
divulgação
Com a Le Teint Particulier Custom Made Makeup, a Lâncome cria bases únicas específicas para cada cliente

Personalização
O consumidor busca produtos que tenham mais a ver com a sua personalidade e isso já é realidade, como, por exemplo, em marcas que permitem a personalização de tênis, óculos e joias. No setor da beleza, a Lâncome criou a Le Teint Particulier Custom Made Makeup. A marca oferece uma base sob medida para cada pessoa, criada a partir de informações coletadas em uma varredura do tom de pele do consumidor, que ainda pode escolher entre as coberturas completa, média ou pura.
Luis Echeverri Urrea/ SHUTTERSTOCK
O açaí é um dos "superalimentos" brasileiros que são utilizados em produtos cosméticos

Alimentação
As propriedades dos alimentos continuam sendo exploradas pelas marcas de cosméticos, assim como indústrias de setor alimentício utiliza vitaminas e minerais que podem beneficiar o corpo e a mente. No Brasil, ingredientes como cupuaçu e açaí são utilizados por empresas, como a Natura em compostos de cremes, shampoos e sabonetes. Outros alimentos como murumuru, jambu e ucúba são utilizados pelas suas funções calmantes. Além disso, para atender as necessidades de quem não consome produtos com ingredientes de origem animal - desde alimentos até roupas e cosméticos -, muitas marcas também têm produzido produtos veganos, livres dessas matérias-primas.
Divulgação
Os frascos Dish & Hand, da Lâncome, foram feitos a partir de plásticos recuperados do oceano e reciclados

Sustentabilidade
A preocupação ecológica chegou ao consumidor de moda de uma maneira geral. Cada vez mais preocupados com a origem das matérias-primas e com os processos de fabricação dos produtos que consomem, públicos da Geração Z e Millennials procuram também cosméticos menos prejudiciais ao meio ambiente e às pessoas que os produzem. A pesquisa aponta que a tendência pode ser vista no uso de embalagens sustentáveis e de ingredientes extraídos de maneira ética. Um exemplo é a parceria entre diferentes marcas - como L’Oréal Austrália, L’Occitane e Avon - com a Terracycle em programas de reciclagem de embalagens vazias a fim de diminuir resíduos. Além disso, a L’Oréal Austrália possui os frascos Dish & Hand, feitos a partir de plásticos recuperados do oceano e reciclados.
divulgação
O cantor Liniker foi uma das estrelas do comercial "Sinta na pele", da Avon, ao lado de outros ícones da luta LGBT

Quebra de padrões
Questões sobre identidade de gênero e empoderamento feminino são cada vez mais debatidas e diversas marcas têm abordado esses assuntos para se comunicar com os Millennials e com a Geração Z. A WGSN lista Avon, Quem Disse Berenice e O Boticário como algumas dessas empresas que investem em campanhas com discurso ativista.

Padrões de masculinidade também são questionados em um momento em que o mercado voltado para o público masculino está em crescimento. Os homens têm procurado mais produtos voltados para as suas necessidades específicas e, segundo a pesquisa do WGSN, as principais áreas de crescimento nesse mercado são sobrancelhas, tratamentos de cabelo e depilação.

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

Vídeos

BDSM: Prazer Fora da Caixa - Parte 2 play

BDSM: Prazer Fora da Caixa - Parte 2

anterior

próxima

Mais comentadas

anterior

próxima