Passarela 26/02/2016 - 14h34

Ele tem o poder

Convites disputados, desfiles lotados, entrevistas cobiçadas, parcerias multifacetadas. Em paralelo, uma família tranqüila e longe dos holofotes. Esse é (o trabalho) de Alexandre Herchcovitch, que há 20 anos é um dos maiores nomes da moda nacional
notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 19095, 'email': 'larissaviegas@opovo.com.br', 'nome': 'Larissa Viegas'}
Larissa Viegas larissaviegas@opovo.com.br
Bob Wolfenson / Divulgação

No primeiro do dia da segunda edição de 2015 do São Paulo Fashion Week, o metrô da capital paulista ganhou um pouco mais de estilo. Às 17 horas, fashionistas, jornalistas, convidados e até o prefeito Fernando Haddad e a primeira dama, usaram seu convite-Bilhete Único (cartão eletrônico que integra trem, metrô e ônibus) para conferir, na sede da Prefeitura de São Paulo, o desfile de Alexandre Herchcovitch, 44 anos.

 

Alexandre tem esse dom. Seus desfiles nas principais semanas de moda estão entre os mais disputados e desejados. Na coleção inverno 2016, apresentada no dia 18 de outubro do ano passado, um domingo, não foi diferente. Em “Uma história de boudoir sobre amor, perda, perversão, sexo e poder", as cores preto, cinza e branco foram unanimidade na passarela.

 

O tema, abordado ora com agressividade, ora com leveza, foi traduzido com elementos como técnicas de costura, laços (desfeitos), zíper com ilhós, amarrações e silhuetas, com um jogo de “esconde e revela”, transparências, argolas sobrepostas como sutiã, seios à mostra e roupas que, literalmente, carregavam sexo.

 

Com 80% da coleção feita à quatro mãos (só duas costureiras conseguiam pré-moldar à vapor as fitas de gorgurão, utilizadas na maior parte da coleção, inclusive em um vestido feita exclusivamente do material), as roupas ganharam acabamento vitoriano, técnicas artesanais históricas (inclusive de alta-costura) e transformou a coleção em uma das mais fetichistas da história do estilista.

 

Para dar o clima tenso, a trilha sonora ficou por conta do DJ e produtor Max Blum com Maurício Ianês. Com uma colagem de mais de 20 músicas, eles deram uma atmosfera que era, ao mesmo tempo, agressiva e leve.

 

Dentre os destaques da passarela esteve Ari Westphal, um dos destaques do evento. Depois de um erro do cabeleireiro (que, ao invés de cortar na comprimento médio o seu cabelo, “se empolgou” e deixou os fios bastante curtos), ganhou um visual andrógino, mas feminino e sensual. E parece que a escolhe de Herchcovich foi certeira. A modelo estreou nas passarelas internacionais nesta última temporada, apresentando looks de marcas como Chloé, Sonia Rykiel, Vivienne Westwood, Acne Studios, Léonard Paris e Allude.

 

Pela primeira vez, Alexandre contou com um convidado mais que especial na plateia: seu filho Fernando, o mais velho. Acompanhado do outro pai, Fabio Souza, dos avós e dos tios, o pequeno se comportou e fez seu pai fugir da sua “tradicional” rápida passagem pela passarela. Quebrando sua rotina, Herchcovitch olhou para o lado e mandou, sorrindo, um beijo para a família.

 

Agência Fotosite / Divulgação
Na coleção inverno 2016, apresentada no SPFW, o próprio Herchcovitch treinou suas costureiras para usarem técnicas específicas e artesanais na execução das roupas
Como tudo começou

 As mãos da mãe deslizando pelos tecidos que passeavam pela máquina de costura encantavam Alexandre. Sempre observador, o estilista paulista de origem judaica ortodoxa passou a infância dando palpites nas lingeries produzidas por ela. Mais familiarizado com o universo da moda, costurou seu primeiro vestido aos 16 anos.

 

Na mesma idade, divida o colégio judaico ortodoxo, se inseria na noite paulistana alternativa, refletindo nas suas criações e desenvolvendo um estilo ousado, versátil e criativo. Já como estudante universitário, optou por artes plásticas e, ao descobrir que em São Paulo havia uma graduação em moda, mudou de curso. O desfile de conclusão da faculdade foi o primeiro grande passo de uma carreira que, 10 anos depois, se consolidaria no cenário nacional e internacional.

 

Em 1994, lançou sua marca homônima no Phytoervas Fashion, evento percusor do SPFW, também dirigido por Paulo Borges. Em 1996 comercializava sua marca em Londres e Nova York. Já 2004, deu início aos desfiles internacionais, tendo com cenário a Semana de Moda de Nova York. Em paralelo, atuou também como diretor criativo de marca como Cori, Zoomp e Ellus.

 

 

Nova fase

 

Em fevereiro deste ano, Alexandre se deligou da direção criativa da marca que o próprio criou, a HERCHCOVITCH; ALEXANDRE (prêt-à-porter masculino e feminino). Com uma nota oficial divulgada à imprensa, ele se despede da grife: “Comunico meu desligamento da marca Herchcovitch;Alexandre após 23 anos à frente dela como diretor criativo. Agradeço a todos que fizeram e fazem parte da minha história."

 

1:1

 

Para comemorar 20 anos de carreira, Alexandre Herchcovitch lançou, em setembro de 2015, o livro Alexandre Herchcovitch 1:1. A obra aborda todos os assuntos relativos aos anos de mercado de moda, incluindo as obsessões, curiosidades e informações inéditas que envolvem seu mundo criativo do estilista, como caveiras e laços, além da passagem de sua fase underground para o momento em que se consolidou com um dos principais nomes da moda brasileira no mundo. São 11 entrevistas inéditas de pessoas que estiveram com Alexandre durante os 20 anos. O prefácio é assinado por Fernanda Young e Charles Cosac, com textos complementares de Álvaro Machado,  partes grifadas por Camila Yahn e um ensaio inédito de Bob Wolfenson. A obra já está nas livrarias e custa R$ 89.

 

Um pouco mais

 

Conheça alguns fatos pessoais e profissionais de Alexandre Herchcovitch:

- Atuou como DJ nas noites paulistanas.

- É casado com o empresário Fabio Souza e tem dois filhos.

- Já atuou na minissérie Destino: São Paulo

- Foi jurado do primeiro reality show drag do Brasil, o Academia de Drags, inspirado no RuPaul Drag Race.

- Criou, em 2006, os uniformes do Mc Donald's Brasil.

- Foi professor do Senac.

 

Todos querem/são Herchcovitch

 

Não é difícil ter acesso a um produto assinado por Herchcovitch. Um dos estilistas com mais parcerias com empresas tem seu nome em produtos da Johnson & Johnson, C&A, BiC,  Converse, Danúbio, Walt Disney, MCD, HP, Micasa, McDonald´s, Mykita, Motorola, Olympikus, New Era, Pony, Papel Craft, Schutz, Sanrio, Warner e Via Uno.

 

Dentre as parcerias mais recentes estão:

 

- Tok Stok

Com produtos voltados para a linha Home, a coleção com a Tok Stok é composta por canecas, porta-temperos e paliteiro, almofadas, mouse pad e caderneta, todos com estampas criadas pelo próprio, incluindo a icônica caveira.

 

- Vert

O estilista e a marca franco-brasileira de tênis desenvolveram uma coleção com quatro modelos inéditos, denominados BOLD. Lançados no início de novembro, os produtos (disponíveis no e-commerce da marca e na loja do Herchcovitch) são feitos em couro curtido com extrato vegetal, cabedal de tecido reciclado em algodão 100% PET e lona de algodão orgânico sem insumo químico, o que traz o lado consciente para a moda. Os modelos estão disponíveis nas versões extra white, black, camel e tropicália que possui a mesma estampado assinada pelo próprio Alexandre Herchcovitch em seu desfile da coleção primavera-verão 2015.


- Chilli Beans

Desde 2010, a marca fast fashion de óculos marca presença nos desfiles do SPFW em parceria com grandes nomes da moda. Na 40ª edição do evento, realizada em outubro de 2015, mais uma vez a Chilli Beans participou do desfile de Alexandre Herchcovitch. Os óculos, inspirados em modelagens clássicas, possuem lentes também nas hastes, representando a multiplicação do olhar para novas direções. Custando a partir de R$ 398, os produtos seguem a cartela de cores composta por preto, tartaruga, uva e níquel.

 

- Melissa

Uma das parcerias mais duradouras do estilista é com a marca de calçados femininos Melissa. Há mais de 10 anos, eles desenvolvem várias criações de sucesso. Nas duas últimas temporadas, botas, oxfords, sapatilhas e sandálias foram apresentadas durante o São Paulo Fashion Week e disponibilizadas nas lojas.

 

[FOTO4] 

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

Vídeos

BDSM: Prazer Fora da Caixa - Parte 2 play

BDSM: Prazer Fora da Caixa - Parte 2

anterior

próxima

Mais comentadas

anterior

próxima