Sustentabilidade 02/08/2016 - 14h29

Para cidades mais verdes

Na Suíça já é obrigatória a instalação de telhados verdes nas construções. Na Cidade do México, quem coloca a cobertura viva recebe desconto em impostos
notícia 0 comentários
{'grupo': 'ESPECIAL PARA OPOVO', 'id_autor': 19125, 'email': 'mariliacandido@opovo.com.br', 'nome': 'Mar\xedlia C\xe2ndido'}
Marília Cândido mariliacandido@opovo.com.br

Algumas cidades pelo mundo já adotam os tetos verdes como construções obrigatórias. Mas, afinal, o que são esses tais tetos? São camadas de vegetação “instaladas” no topo de casas e edifícios, substituindo a cobertura artificial por algo vivo. Benefícios como a diminuição da temperatura do prédio e a melhora na qualidade do ar estão na lista de pontos positivos da iniciativa.


O fator decorativo também é um forte motivo para escolher colocar um “tapete” de natureza no topo de um prédio. Flores, árvores e arbustos dão toques de leveza e novidade em uma construção.


Na Suíça, já é obrigatório colocar telhados verdes nas construções e, na Cidade do México, quem coloca a cobertura viva recebe 10% de desconto nos impostos. Além do fator financeiro, esse tipo de telhado pode proporcionar novas áreas de lazer para moradores e funcionários. Em São Paulo, por exemplo, alguns prédios possuem áreas de descanso atreladas aos pedaços de natureza.

Telhado verde na Avenida Faria Lima, em São Paulo, com espécies da Mata Atlântica.

Entre os efeitos positivos dos tetos verdes, podemos citar:
- A retenção da água das chuvas, minimizando possíveis enchentes;
- Diminuição da temperatura urbana e das “ilhas de calor”;
- Absorção da poluição sonora;
- Filtragem do ar, que retira as partículas suspensas da fuligem vinda da queima dos combustíveis fósseis;
- Reciclagem do ar, através da fotossíntese;
- Aumento da umidade do ar nos meses mais secos, facilitando a respiração;
- Abrigo de animais nativos, que ajudam no controle de pragas urbanas como cupins e baratas;
- Possibilidade de armazenar e reutilizar água da chuva;
- Economia de energia com ar-condicionado.

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:

Vídeos

BDSM: Prazer Fora da Caixa - Parte 2 play

BDSM: Prazer Fora da Caixa - Parte 2

anterior

próxima

Mais comentadas

anterior

próxima