Mobile RSS

rss
Assine Já
ÔNIBUS: Transporte do forró 20/08/2013

Por dentro dos ônibus das bandas

Embarque nos ônibus do Aviões do Forró e de Waldonys. Com conforto e segurança reforçada, os veículos funcionam também como um "outdoor" das bandas
notícia 1 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18858, 'email': 'vivianesobral@opovo.com.br', 'nome': 'Viviane Sobral'}
Viviane Sobral vivianesobral@opovo.com.br
Compartilhar

Na agenda lotada de shows, as bandas de forró viajam o País a bordo de seus ônibus, especialmente adaptados para comportar músicos, dançarinos e equipe técnica. Conforto e segurança são destaques do transporte que é quase uma segunda casa para os integrantes. Os investimentos são altos e um modelo novo pode chegar R$ 1 milhão.

 

É a bordo de um Marcopolo 1800 Double Decker (dois andares) com chassi Mercedes-Benz que 36 pessoas – incluindo dois motoristas - da equipe da banda Aviões do Forró embarcam para os shows pelo País.


O modelo conta, entre outros detalhes, com freios ABS, motor de 400 cavalos, inspeção inteligente, e dimensões de 4,2 metros de altura, 15 m de comprimento e largura de 2,5m - todo envelopado, para garantir a estilização.


O veículo, comprado zero quilômetro, foi adquirido em janeiro por cerca de R$ 1 milhão, segundo o chefe de transporte e logística da A3 Entretenimento, Isac Ferreira.


“Um ônibus convencional nesse modelo fica na faixa de R$ 700 mil. Mas ele foi encomendado com adaptações. Quando compramos o chassi, em dezembro, fui a Caxias do Sul (RS), onde fica a fábrica da Marcopolo, e junto com o arquiteto deles fomos planejando os detalhes”, explica.


Quando não há possibilidade de aéreo, os vocalistas Xand e Solange Almeida também embarcam no ônibus. Para cada um deles, foi montado um quarto. O veículo, inclusive, está passando por uma reforma para redistribuir os espaços – o quarto de Xand ficará no piso superior e o de Sol no inferior, com direito à instalação de um berço, já que a cantora está grávida de seis meses.


Nos quartos, cama, frigobar, televisão, vídeo game são algumas das opções. O ônibus conta também com poltronas leito, ar-condicionado, sistema de internet wi-fi, sistema de som com DVD, televisores de LCD. Isac explica que as bailarinas ficam em uma sala VIP no piso inferior, com poltronas leito. É nesse piso que fica o banheiro. Já os homens da equipe vão para a parte de cima.


Aos cuidados do chefe de transporte e logística da A3, estão, além de dois ônibus para o Aviões (“com um de prontidão em caso de problemas”), estão ainda os veículos das bandas Solteirões do Forró, Forró dos Plays, Forró do Muído, Vicente Nery, Dorgival, Pé de Ouro, além de um reserva.

 

Waldonys

Um “hotel em trânsito” é como o produtor do Waldonys, Marcio Farias, define o veículo usado pela banda há três anos: um Viagio 1050 Mercedes 1722, comprado novo. “Ele já veio adaptado de fábrica e custou R$ 380 mil”, detalhou.

 

Quinze integrantes da banda embarcam no veículo, onde são destinadas duas poltronas para cada pessoa. Além disso, o conforto é garantido por banheiro de luxo, frigobar, TV digital, entre outros equipamentos.


Também considerado uma segunda casa da banda, o ônibus coleciona histórias curiosas. “Nas últimas festas de São João, o computador de bordo deu pane e passamos cinco dias sem ar, TV, som, luz. Foi um verdadeiro apagão”, conta.

Compartilhar
espaço do leitor
João 20/08/2013 17:14
Muito interessante a matéria sobre as comodidades das bandas nas suas viagens Brasil a fora. Estão dentro de verdadeiras máquinas!
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mais comentadas

anterior

próxima