Mobile RSS

rss
Assine Já
Eleição de 2010 12/10/2013

Eduardo Campos é acusado de trair PT e lembra pedido de Lula em 2010

JOSÉ CRUZ/ABR
Campos elogiou Lula, mas disse que povo quer Brasil diferente
Compartilhar

Citado como “traidor do PT e do Brasil” em faixa estendida nas imediações da Câmara Municipal de Mossoró (RN), onde participou ontem de evento partidário, o presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, lembrou, em discurso a militantes, que seu partido abdicou de candidatura própria à Presidência em 2010 por um pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

“Na eleição passada o PSB teria candidato a presidente, mas o partido atendeu apelo do presidente Lula para que não tivesse. Para seu projeto político continuar o PSB deveria apoiar a candidatura de Dilma Rousseff”, disse Campos em encontro do PSB do Rio Grande do Norte. Na ocasião, Ciro Gomes era o nome do partido que se colocava para a disputa presidencial.


O governador chegou ao local do evento por volta das 11 horas, quando duas pessoas seguravam faixa com os dizeres: “Eduardo Campos, traidor do PT, traidor do Brasil” em frente a uma entrada lateral da Câmara de Mossoró. Não foi possível apurar se Campos chegou a ver a faixa.


Tendo visto ou não a manifestação, Campos fez questão de citar a anuência do partido ao pedido de Lula, e ainda mencionou a performance da nova aliada, a ex-ministra Marina Silva, nas eleições daquele ano.


“O presidente Lula disse que precisava vencer as eleições logo no primeiro turno, mas a campanha foi para o segundo turno diante da força política de Marina Silva, que obteve mais de 20 milhões de votos”, disse.


Saudado por militantes do PSB aos gritos de “Brasil para frente, Eduardo Campos presidente”, o governador defendeu sua gestão em Pernambuco e também fez elogios ao governo Lula, mas disse que o “povo quer um Brasil diferente”.


“Essa mudança política começou nas eleições passadas e vão continuar na de 2014. Isso nós temos notado, não nas pesquisas, mas no coração do povo, que quer um Brasil diferente do que estamos vendo. E a vitória de 2014 virá.” Campos afirmou que quem vencerá o próximo pleito “será o novo”. “E o povo vem entendendo isso, assim como nós temos dito que é preciso se mudar o jeito de fazer política porque o povo cansou de promessas, cansou de acreditar e não fazerem”. (da Folhapress)

> TAGS: psb
Compartilhar
espaço do leitor
Volney Junior 13/10/2013 05:14
Puxa vida! Aqui só tem comentários de gente paga pelos mensaleiros... Mas estão morrendo de medo da dobradinha Eduardo/Marina ou Marina/Eduardo!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
DELEGADO 12/10/2013 21:53
só um doido pra votar nesse abestado
Este comentário é inapropriado?Denuncie
benjamim jr 12/10/2013 12:28
eduardo CAMPOS e marina SUSTENTÁVEL, haja galho.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Manuel 12/10/2013 12:27
Votei na Marina Silva no primeiro turno de 2010. Hoje não votaria mais, muda de partido todos os dias. Onde ficam as ideias ? Está aliada PSB, partido que esteve no governo até o mês passado, e agora esta falando mal do PT. Vamos votar com consciência meu povo.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Bel 12/10/2013 12:02
Ironia, kkkkkkkkk, quem vai ajudar a Dilma será os Ferreira Gomes, quanto os Novais traíram o PT e até pouco tempo mamaram nas tetas do PT e o Sérgio Novais mamou em outros lugares, a Luizianne que o diga onde! KKKKK
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
15
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor: