Compra de três helicópteros 26/08/2013

Estado gastou R$ 78 milhões em helicópteros sem licitação

Segundo o jornal O Globo, governo Cid aproveitou brecha de projeto de modernização tecnológica para adquirir as três aeronaves, que estão sendo cedidas à Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas
Bruno Pontes politica@opovo.com.br
FÁBIO LIMA
Helicóptero adquirido pelo Estado
Compartilhar


O Governo do Ceará gastou R$ 78 milhões para comprar, sem licitação, três helicópteros por meio do Projeto de Modernização Tecnológica do Estado do Ceará. O Promotec, desenvolvido pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado (Secitece), dispensa licitação para a aquisição de equipamentos – não especificamente helicópteros. As informações foram publicadas na versão online do jornal O Globo na noite do último sábado.


O contrato para a aquisição dos helicópteros foi firmado em agosto de 2012 com a empresa alemã MLW Intermed, no valor de R$ 66 milhões, conforme o Portal da Transparência do Estado. O contrato publicado do Diário Oficial do Estado não cita helicópteros, e sim fornecimento de “equipamentos e instrumentos técnico-científicos e educacionais”.


Embora adquiridas pela Secitece, as aeronaves estão sendo cedidas à Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), vinculada à Secretaria de Segurança Pública. O Ciopaer já está com o primeiro helicóptero, que chegou em 19 de junho deste ano. Os outros dois chegarão até o fim do ano, segundo disse a assessoria da Secitece ao O POVO. As aeronaves servirão, diz o governo, para “reforçar as ações de polícia e transportar com segurança vítimas de violência, além de possibilitar mais rapidez no deslocamento de órgãos para transplante”.


O deputado Heitor Férrer (PDT) questiona a transação, por entender que o governo burlou a Lei de Licitações. Ele pretende requerer ao governo informações sobre a aquisição e o uso das aeronaves.


Em email ao O POVO, a assessoria da Secitece destacou que o contrato foi aprovado pela Câmara de Comércio Brasil/Alemanha, pela Assembleia Legislativa do Estado, pelo Senado e pela Secretaria do Tesouro Nacional.


Uso do governador

Ainda segundo O Globo, o primeiro helicóptero comprado pelo Estado via Promotec, em 2010, está sendo usado pelo governador, embora tenha sido oficialmente adquirido “para fins de operação junto à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior e Superintendência Estadual de Meio Ambiente”, conforme o extrato de inexigibilidade de licitação.

 

Sobre isso, a assessoria do governo informou ao jornal do Rio de Janeiro que o helicóptero é de propriedade do Estado e é utilizado para monitoramento e fiscalização de obras por parte das secretarias estaduais, servindo ocasionalmente como transporte de autoridades.


Autonomia de voo

No site do Governo, o comandante da Ciopaer, coronel Nirvando Monteiro, informa que o novo helicóptero tem autonomia de voo de três horas e meia, o que lhe permite ir de uma ponta a outra do Estado sem reabastecer. A aeronave é capaz de fazer voos noturnos e tem mais espaço para tripulação.

 

Número


78 milhões

é o valor que o Estado gastou comprando os três helicópteros, segundo O Globo

 

> TAGS: Cid Gomes ceará
Compartilhar
espaço do leitor
Denis Marden 30/08/2013 15:18
Até este momento não vi motivos para criticar o governo ao meu entender não houve superfaturamento, só vejo pessoas criticando mas acho que gerir um estado não é fácil, fica a dica se você que critica puder fazer melhor se candidate que eu voto em você.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
SÉRGIO LUIZ 27/08/2013 13:53
A crítica não deveria ser voltada ao "sem licitação", pois ela é INEXIGÍVEL nos termos da Lei 8666/93, mas quão eficaz para a segurança pública é ter tantos helicópteros, e mais, se haverá dinheiro para operá-los, porque a conta será alta. Ademais, não confundam vôos policiais com vôos de
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Jfilho 27/08/2013 08:26
Como fica a manutenção destas maquinas , na oficina do coronel do ciopaer ? Treinamento caríssimo dos pilotos com tempo de dar baixa no serviço publico ?
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Afranio Bastos 27/08/2013 07:33
O negócio dos vermelhos de o loteamento de carrgos, nisso eles são bons, é a companheirada que não passa em concursos, todos mamandos nas tetas da viúva, e aí de quem reclamar que logo é tachado de reacionário, de direita, o escambau. Mas trabalhar para o povo que é bom, isso eles não querem.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Afranio Bastos 27/08/2013 07:29
Os que "batem" no Cid são os mesmos que detonavam o Juraci Magalhães, e hoje percebemos que se não fossem as obras realizadas pelo "veim", o trânsito que já estar horrível seria impraticável. O problemas dos vermelhos é que eles não fazem e têm raiva de quem faz. Basta ver os oit
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
49
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde