Mobile RSS

rss
Assine Já
Câmara 27/03/2013

PSC decide manter pastor Marco Feliciano na presidência de Comissão

Segundo o vice-presidete do PSC, pastor Everaldo Pereira, não haveria motivos para Marco Feliciano deixar a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, pois ele já se desculpou "por colocações mal feitas"
FABIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR
Feliciano conseguiu se manter no comando da CDH
Compartilhar

 

Após sofrer pressão do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), a cúpula do PSC se rebelou e decidiu ontem manter o pastor Marco Feliciano (SP) na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias.


“O deputado Feliciano já se desculpou por colocações mal feitas. Qualquer um pode deslizar nas palavras, pode errar. Informamos aos senhores e senhoras que o PSC não abre mão da indicação feita pelo partido”, disse o vice-presidente da legenda, pastor Everaldo Pereira, ao ler pronunciamento oficial.


O PSC prometera na semana passada dar uma solução ao impasse no colegiado. Eleito no início do mês para o cargo, Feliciano ainda não conseguiu presidir as sessões do colegiado sem protestos. O prazo dado por Alves venceu ontem, mas, segundo a reportagem apurou, o PSC não havia encontrado solução.


A cúpula do partido, reticente em retirá-lo da presidência, ainda não havia encontrado quem o substituísse. Resolveu mantê-lo sob o pretexto de enfrentar uma ala do PT e de demais partidos da esquerda que questionam sua permanência.


Segundo Everaldo, a sigla quer manter Feliciano na presidência da comissão como uma espécie de moeda de troca pelo apoio eleitoral ao PT nas campanhas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidente Dilma Rousseff.


“Veio 2010 e o PSC apoiou a candidatura de Dilma Rousseff a presidente. Apoiamos pois ela representava a continuidade das políticas em favor dos pobres, iniciadas pelo presidente Lula. Mesmo diante das declarações de que ela não sabia se acreditava em Deus e que não era contra o aborto, o PSC apoiou a presidente Dilma, sem discriminá-la por pensar diferente de nós”, disse.


Respeito

Everaldo também citou o presidente da Casa, que, na semana passada, havia pedido uma solução “respeitosa” para a crise. “Quero pedir, respeitosamente, que as lideranças dos partidos desta Casa respeitem a indicação do PSC e peçam a seus militantes que protestem de maneira respeitosa.”

 

Mais cedo, ao ser questionado pelo líder do Psol, Ivan Valente (SP), o líder do PSC, André Moura (PSC-SE), disse que não tomaria qualquer decisão sobre o futuro de Feliciano sob pressão.


“Disse a ele (Alves) não queira fazer disso um cavalo de batalha. Na base da pressão podemos não resolver isso hoje (ontem)”, afirmou Moura.


Questionado se estava realmente disposto a enfrentar mais um embate dentro da Câmara, Feliciano não respondeu. Compareceu à reunião do partido e saiu sem falar com a imprensa, concedendo entrevista algumas horas depois. (da agência Estado)

 

Por quê


ENTENDA A NOTÍCIA


Apesar de ter manifestado insatisfação com a permanência de Feliciano na comissão, o presidente da Câmara tem afirmado que não há margem regimental para tirá-lo da presidência. Por isso, apelou à cúpula do PSC.

 

Saiba mais


Em entrevista ao programa Pânico, da Band, gravada na semana passada, mas levada ao ar apenas no domingo, Feliciano disse que só deixaria o cargo morto.

 

“Estou aqui por um propósito, fui eleito por um colegiado. É um acordo partidário, acordo partidário não se quebra. Só se eu morrer”, disse o pastor.

 

Multimídia


A manutenção do pastor Feliciano na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara é o Tema do Dia na cobertura de hoje dos veículos do Grupo de Comunicação O POVO. Confira:


Para escutar: Na rádio O POVO/CBN (FM 95,5), o tema será discutido no programa Grande Jornal, às 9 horas, e/ou no programa Revista O POVO/CBN, às 15 horas. Na rádio Globo/O POVO, o tema será discutido no programa Manhã do POVO, às 10 horas.


Para ver - A TV O POVO trará uma matéria sobre o tema no O POVO Notícias, às 18h30min. Assista à programação pelo canal 48 (UHF), 23 (Net) e 11 (TV Show).

 

Para ler e opinar: acompanhe a repercussão entre os internautas na página do O POVO Online no facebook (www.facebook.com/OPOVOOnline ) e no portal O POVO Online (www.opovo.com.br).

Confira matéria especial sobre o que ascensão de Feliciano revela sobre o Brasil e a política: http://bit.ly/Zgjr74

 

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:

Mais comentadas

anterior

próxima

24h|48h Últimas