Mobile RSS

rss
Assine Já
Campanha do Psol 18/08/2012

Ao lado de Roseno, Chico Alencar lança Adin da transparência eleitoral

DIVULGAÇÃO
Chico Alencar e Roseno criticam financiamento privado de campanhas
Compartilhar


O deputado federal Chico Alencar (Psol - RJ), líder do partido na Câmara dos Deputados, esteve em Fortaleza para lançar a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) que será impetrada pelo Psol no próximo dia 22 em Brasília. A ação é uma manifestação do Psol contra o sigilo da identidade de quem faz doações para campanhas eleitorais.


Alencar defende que doações de campanha advindas de grandes empreiteiras geram uma troca de “favores políticos” entre o partido eleito e as empresas patrocinadoras da campanha. Ele acredita que esse tipo de relação favoreça a corrupção política. “Não há ideologia nesses financiamentos. Em 2010, Dilma e Serra tiveram os mesmos grandes doadores, dado que é tremendamente perigoso”. Segundo Alencar, caso a Adin seja aceita, os atos eleitorais terão mais transparência para os eleitores e facilitará a escolha do voto. “Os eleitores poderão pensar assim: dize-me quem te financia que direi que mandato exercerá”.


O candidato do Psol à prefeitura de Fortaleza, Renato Roseno, frisa que a Adin do Psol é uma ação inédita no Brasil. “Nenhum outro partido tomou essa mesma iniciativa antes”. No entanto, o postulante detalha que o Psol não rejeita o apoio de outras siglas que se solidarizem à causa da transparência nos atos eleitorais. “O sigilo não existe em nenhum outro país, só aqui no Brasil. Queremos que isso mude. Política não pode ser um monopólio de grandes corporações”.


Roseno explica que a Adin que será proposta em Brasília funcionará como um fortalecimento a nível nacional da representação que o partido impetrou no último dia 4 na 116ª Zona Eleitoral ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). A representação aguarda sentença do juiz responsável pela Zona, Carlos Augusto Gomes Correia.


A passagem do deputado federal Chico Alencar por Fortaleza incluiu participação dele nas reuniões de campanha internas do partido. (Marina Solon - Especial para O POVO - marinasolon@opovo.com.br)

 

Compartilhar
espaço do leitor
Arnaldo Fernandes 18/08/2012 22:09
Não existe Democracia possível, sem Transparência necessária. Os/as eleitores/ras têm todo direito de saber quem banca as campanhas eleitorais. Mesmo porque, não existe filantropia nas 'relações de mercado na política'. Empresa não doa, investe. Se ligue!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Andréa Saraiva 18/08/2012 14:27
Excelente iniciativa. Quem tem medo da transparência? Se você vota em candidato que nao mostra as contas da campanha, não reclame depois de corrupção.
Este comentário é inapropriado?Denuncie
2
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor: