Mobile RSS

rss
Assine Já
R$ 100 mil 20/06/2012

Cheque liga escândalo dos banheiros a Jurandir Santiago

De acordo com documentos do Ministério Público, a que O POVO teve acesso, com exclusividade, teria havido uma triangulação de parte do dinheiro entre a Secretaria das Cidades, conta bancária e empresa do presidente do BNB
IGOR DE MELO
Jurandir era, à época, secretário adjunto da pasta das Cidades
Compartilhar


Parte do dinheiro que seria destinado à construção de kits sanitários para famílias carentes do município de Ipu (294km de Fortaleza) foi parar, em 2009, na conta de um posto de gasolina em Fortaleza, cujos sócios eram o atual presidente do Banco do Nordeste, Jurandir Santiago, a então mulher, Silvia Marta Rubens Bezerra, e o engenheiro civil do município de Ipu, Tácito Guimarães de Carvalho, preso na última sexta-feira.


Em 2009, Jurandir era secretário adjunto da Secretaria de Cidades e o responsável pela liberação das verbas para a construção dos equipamentos. Na noite de ontem, o procurador-geral do Estado do Ceará, Ricardo Machado, decidiu incluir o nome de Santiago no rol dos denunciados no escândalo.


O POVO teve acesso, com exclusividade, aos autos do processo que trata do “escândalo dos banheiros” e apurou, com base na denúncia apresentada pelo Ministério Público à Justiça, que o repasse de R$ 1,4 milhão para a construção dos kits foi feito através de dois cheques da Caixa Econômica Federal (CEF), no dia 29 de maio de 2009, uma sexta-feira. Na segunda-feira seguinte, dia 1 de junho de 2009, data da compensação dos cheques, R$ 100 mil entraram na conta do Posto de Gasolina Boa Vista LTDA.


Três dias depois de o dinheiro entrar na conta do posto, Jurandir deixou a sociedade da empresa, iniciada em fevereiro de 2007, segundo dados fornecidos pelo Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional. O posto de gasolina seria, então, o meio através do qual o grupo desviou parte do dinheiro.


Ainda de cordo com o MP, o restante do dinheiro teria sido desviado de outras duas maneiras: uma parte dos recursos foi retirada do banco “em espécie” e outra parte por meio da “aquisição de mais outros dois cheques administrativos (...) no valor de R$ 300 mil e R$ 150 mil”.


Banheiros

Em julho do ano passado, depois de denunciar esquema de desvios de recursos destinados à construção de kits sanitários, O POVO visitou vários municípios no Ceará, dentre eles Ipu, e verificou que, até aquele momento, muitos banheiros ainda não tinham sido construídos na cidade.

 

Pela assessoria de imprensa do BNB, Jurandir informou que não não vai se pronunciar porque não recebeu notificação oficial até o momento.

 

E agora


ENTENDA A NOTÍCIA


De posse dos depoimentos, documentos e de demais peças que, supostamente, ligam Jurandir ao caso dos banheiros, o Ministério Público Estadual vai aditar à denúncia original as atuais conclusões das investigações.

 

O caminho do dinheiro liberado pela Secretaria das Cidades


No dia 15 de janeiro de 2009, a Secretaria das Cidades assinou dois convênios milionários com a Prefeitura Municipal de Ipu para a construção de 2.108 kits sanitários em moradias de pessoas carentes da cidade. Juntos, eles somam R$ 3,162 milhões.


Um deles no valor de R$ 1,5 milhão, dos quais R$ 1,41 milhão foi pago no dia 29 de maio de 2009, em duas parcelas: um cheque de R$ 747.915,82 e outro cheque de R$ 673.101,82.


Os cheques eram nominais à Construcon Comércio e Construções LTDA, empresa que havia vencido a licitação para realizar a obra.


O ex-promotor de Ipu, Kennedy Carvalho, denunciou que a empresa era fantasma e que e a licitação foi direcionada. Segundo ele, a construtora teria sido constituída poucos dias antes da licitação, não tinha sede, os seus sócios eram semianalfabetos e nem sequer se conheciam.


Conforme mostram documentos anexos nos autos do processo, do valor total de R$1,4 milhão, R$100 mil teriam sido depositados na conta corrente 2183.003.00000571-8, da caixa Econômica Federal (CEF).


Segundo informações fornecidas ao Ministério Público pela Caixa Econômica, a referida conta corrente pertence ao Posto de Gasolina Boa Vista LTDA.


Outra documentação anexa aos autos do processo, dessa vez enviada ao Ministério Público pela Junta Comercial do Estado do Ceará, mostra que o Posto de Gasolina Boa Vista teve como sócios em 2009, o atual presidente do Banco do Nordeste (BNB), Jurandir Vieira Santiago (há época secretário adjunto da Secretaria das Cidades), a sua então esposa, Silvia Marta Rubens Bezerra, e o engenheiro do município de Ipu, Tácito Guimarães de Carvalho, preso na última sexta-feira.


Documentos enviados ao Ministério Público pelo Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional, do Banco Central, também anexos aos autos do processo, mostram que Jurandir era “representante, responsável ou procurador” da conta da empresa junto à CEF e que a sua data de fim de vínculo com o posto foi 04/06/2009.

 

Ranne Almeida ranne@opovo.com.br
Compartilhar
espaço do leitor
xxx 20/06/2012 20:37
Cadê o Teodorico? Divulgava aos quatro ventos que tinha influência e que poderia liberar qualquer quantidade de recursos. Não vai preso não?
Este comentário é inapropriado?Denuncie
João Paulo C. Pitombeira 20/06/2012 18:17
PARABÉNS aos Valentes e Honrados Promotores da PROCAP!!!... No cenário de tanta corrupção e desamparo da população brasileira pelo Estado, nos orgulhamos de ter no nosso Ministério Público servidores comprometidos com a moralização do nosso Estado. Vocês nos matam de ORGULHO!!! PARABÉNS!!!...
Este comentário é inapropriado?Denuncie
João Paulo C. Pitombeira 20/06/2012 18:14
E os "PADRINHOS" e "MENTORES" dessa QUADRILHA?... Quem colocou as "RAPOSAS" cuidando do "GALINHEIRO"?... Não vão aparecer não?... Sr. Gov. Cid Gomes, Sr. Sec. Arialdo Pinho, Sr. Dep. José Guimarães ("da Cueca recheada de dinheiro"), se cuidem!!!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
João Paulo C. Pitombeira 20/06/2012 18:04
No mês de Junho... Santo Antônio, São Pedro e São João... Festas juninas... mas a "QUADRILHA" que ROUBA a cena é a quadrilha dessas ratazanas do dinheiro público... Que agora, com a verdade vindo a tona, estão dançando "bonitim"!...
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Igor 20/06/2012 15:58
Parabens ao O POVO porque desde o início expõe abertamente fatos sobre esse escandalo.. diferentemente de outros Grupos da imprensa cearence que fizeram questão de ocultar informaçoes sobre esse caso desde o inicio!
Este comentário é inapropriado?Denuncie
Ver mais comentários
18
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor: