COMPRA. IMÓVEL DE ENTRADA 30/07/2016

"Aceitamos o seu usado"

notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 19043, 'email': 'ligiacosta@opovo.com.br', 'nome': 'L\xedgia Costa'}
Lígia Costa ligiacosta@opovo.com.br

A compra de um imóvel requer planejamento e uma renda extra que nem sempre o consumidor dispõe, principalmente quando há uma desaceleração da economia.

 

No intuito de encorajar compradores a darem o pontapé inicial na compra do imóvel novo, algumas empresas do mercado imobiliário, como as cearenses Engexata Engenharia e Magis, ofertam o sistema de pagamento “troca-troca”.


Nesse tipo de negociação as construtoras avaliam o imóvel, seja apartamento, casa, loja, escritório, galpão ou terreno para aceitá-los como parte do pagamento - entrada - da nova unidade. Em alguns casos, até veículos são aceitos.


Paulo George, 40, coronel do Corpo de Bombeiros do Ceará, negociou a troca de sua antiga casa, localizada em um condomínio fechado no bairro Água Fria, por um apartamento na Aldeota. Para ele, a praticidade foi o ponto mais positivo em sua experiência com o sistema de vendas.


“Comprei (o apartamento) para morar com minha família e achei mais simples porque a construtora já recebia o imóvel. O sistema facilita a vida de quem não quer ou não tem facilidade para vender seu imóvel usado”, afirma George, que aponta como outra vantagem a não obrigatoriedade de ter dinheiro disponível para dar de entrada no apartamento novo.


Rosemberg Pires, gerente comercial da Engexata Engenharia, conta que a venda rápida dos imóveis dos proprietários se deve à disponibilidade de uma rede de corretores de imóveis. “Temos 10 mil corretores que recebem a ficha e trabalham a venda de cada imóvel. Todos os corretores e imobiliárias vão divulgar esse imóvel e, por isso, há uma velocidade de informação que é muito importante”, explica Rosemberg.


A avaliação do imóvel usado, segundo ele, é realizada pelo método comparativo, a partir do qual o imóvel é comparado com outros quatro semelhantes e que estejam à venda na mesma região.


Em campanha que será encerrada amanhã, a Magis também aceita imóveis usados como parte do pagamento do novo. O diretor Executivo da empresa, Aragão Neto, explica que a aceitação do imóvel usado é um facilitador e gerador de negócios.


“A gente começou há três meses e intensificamos nessa última campanha”, conta, ressaltando que o cliente ganha segurança na operação já tendo certeza do quanto vai pagar e a garantia da venda. Explica que a empresa tem algumas regras como o valor do imóvel usado, que deve ter até dez anos de uso, não pode ser maior do que 50% do valor do novo.

 

Demanda

Embora ofertado no mercado cearense há pouco mais de dez anos, o troca-troca é uma ferramenta de comercialização ainda pouco usual entre as construtoras em Fortaleza.

 

“Nesses últimos 12 meses, 50% das operações de imóvel usado envolvem a troca imóveis. Mas são poucas as construtoras que utilizam o troca-troca, cerca de 10%”, ressalta Apolo Scherer, presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci/CE).


Segundo Apolo, o sistema é uma das únicas alternativas para quem não nem dinheiro guardado na poupança. “Há pessoas para comprar imóvel, mas não têm dinheiro na poupança. Elas têm até a diferença, mas não tem para dar entrada”.


Rosemberg, por sua vez, garante que a demanda pelo troca-troca cresceu 80%. Antes, afirma ele, de cada 10 negócios, 5 eram troca-troca e 5 vendas diretas. Hoje, para cada 10 negócios, 8 são troca-troca e apenas 2 vendas são diretas.

 

FIQUE ATENTO!

 

VANTAGENS

Rapidez na venda e negociação do imóvel usado;

 

Garantia de dinheiro para entrada do imóvel novo sem comprometer as finanças;


Correção da documentação jurídica do imóvel usado, caso haja algum erro/problema;


Avaliação do imóvel por profissionais da área

 

DESVANTAGENS


Possibilidade de ter o imóvel avaliado a preço abaixo do mercado;


Obrigatoriedade de escolher um imóvel que pretende adquirir da construtora para só depois ter o seu imóvel avaliado

undefined

> TAGS: 0
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis