MERCADO. FORTALEZA 23/07/2016

Mais opções de alto padrão com as novas regras da Caixa Econômica

notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 19040, 'email': ' andresongurgel@opovo.com.br', 'nome': 'Anderson Cid'}
Anderson Cid andresongurgel@opovo.com.br
CAMILA DE ALMEIDA
A arquiteta Márcia Cavalcante diz que um projeto de alto padrão deve valorizar espaços maiores, principalmente em áreas comuns

O mercado de alto padrão em Fortaleza se movimenta com a divulgação das novas regras da Caixa Econômica Federal (CEF). O limite de financiamentos dos imóveis para operações do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), que antes era de R$ 1,5 milhão, passará para R$ 3 milhões a partir da próxima segunda-feira.

 

Essa movimentação é observada principalmente nos bairros mais consolidados do ramo imobiliário: Aldeota e Meireles. O Cocó também se destacada nesse segmento, que hoje em dia se expande principalmente para o Guararapes. Felipe Capistrano, gerente comercial da Mota Machado, conta que a demanda no mercado de alto padrão se renova e que, à medida em que a cidade cresce, bairros afastados do eixo Aldeota-Meireles são procurados.


O público, segundo ele, é majoritariamente de pessoas profissionalmente bem sucedidas, acima dos 40 anos de idade e que estão comprando imóvel após já ter tido um anteriormente. Fábio Albuquerque, diretor de incorporação da BSPAR, comenta que é mais comum que famílias procurem esse segmento.


Pio Rodrigues, presidente da C. Rolim Engenharia, explica que o público é, acima de tudo, exigente: “Sabe o que quer, está atento e é absolutamente bem informado”.


Os diferenciais ofertados no alto padrão vão desde a concepção do projeto, levando em conta a localização do terreno, até as escolhas de acabamento, com materiais mais sofisticados: porcelanatos mais refinados e mármores. Albuquerque conta que, no caso da BSPAR, costumam trazer paisagistas de renome para o projeto.


Os equipamentos do condomínio devem ser completos e ir além do usual. Além disso, é importante garantir que esses ambientes sejam também de alto padrão, como no caso de ter uma academia assinada por uma marca mundial de equipamentos esportivos, por exemplo.


Márcia Cavalcante, arquiteta, projetou um dos empreendimentos da BSPAR - o Lazúli, entregue ano passado. Ela conta que, para um projeto desse tipo, teve que atentar principalmente para o tamanho dos espaços, particularmente das áreas comuns, que são maiores do que as ofertadas em outros segmentos.

 

EMPREENDIMENTOS  EM FORTALEZA


Campobelo Condomínio Parque

Construção e incorporação: BSPAR e Diagonal

Localização: Rua Andrade Furtado, 1107 – Cocó

Valores: A partir de R$ 1,781 milhão 

 

Botânico
Condomínio Parque

Construção e incorporação: BSPAR e Diagonal

Localização: Rua Bento Albuquerque, 1146 – Cocó

Valores: A partir de R$ 1,302 milhão 

 

Lazúli

Construção e incorporação: BSPAR

Localização: Rua Joaquim Nabuco, 505 – Meireles

Valores: Em torno de R$ 2,5 milhões

 

Symbolo

Construção e incorporação: Mota Machado

Localização: Rua Israel Bezerra, 1033 – Cocó

Valores: A partir de R$ 1,461 milhões 

 

Jasmim Residencial

Construção e incorporação: C. Rolim Engenharia

Localização: Rua Henriqueta Galeno, 115 – Dionísio Torres

Valores: A partir de R$ 1,6 milhão 

 

La Reserve

Construção e incorporação: Colmeia

Localização: Rua Vicente Linhares, 777 – Aldeota

Valores: Entre cerca de R$ 1,3 milhão e R$ 1,5 milhão

 

L’Essence

Construção e incorporação: Colmeia

Localização: Rua Dr. Ratisbona, 161 – Fatima

Valores: A partir de R$ 1,5 milhão


Frase

“O comprador desse segmento sabe o que quer, está atento e é absolutamente bem informado”


Pio Rodrigues, presidente da C. Rolim Engenharia

undefined

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis