ENTREVISTA 25/06/2016

Catu Lake Residence em oferta

notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18866, 'email': 'beatrizsantos@opovo.com.br ', 'nome': 'Beatriz Cavalcante'}
Beatriz Cavalcante beatrizsantos@opovo.com.br
JULIO CAESAR/ESPECIAL PARA O POVO
Os corretores Marcos e Keltry explicam, com o empresário Jorge (direita), os detalhes da venda do Catu

Os proprietários do Catu Lake Residence resolveram realizar uma campanha mais agressiva de vendas. São 62 unidades, cada uma por R$ 299 mil. Os apartamentos, que custavam R$ 600 mil, estarão à venda neste fim de semana na Lopes Immobilis, na rua Osvaldo Cruz, 800, das 8 horas às 18 horas.

 

Quem conta os detalhes do porquê de um preço abaixo do custo de construção é Jorge Chaskelmann, morador do Catu Lake Residence e administrador do condomínio, por meio da empresa Arboreto Entretenimento, Alimentação e Administração Condominial. Além dos corretores da Lopes Immobilis, Marcos Tadeu e Keltry Sales.

 

O POVO – A campanha de venda de unidades do Catu Lake Residence é bastante agressiva. Por que uma campanha assim?

Jorge Chaskelmann - Para quem não conhece pode pensar que há qualquer coisa de errado, mas não. Todos os detalhes construtivos são excelentes. Um produto de primeiríssima qualidade. Quase difícil de acreditar que com esse preço você vai viver com essa qualidade de vida. A decisão dessa campanha foi da Brookfield (construtora do Catu Lake) e do José Hissa (arquiteto e sócio da Arboreto com Jorge Chaskelemann), em parceria com a Lopes Immobilis. Foi mútuo, mas a acho que a Brookfield queria tentar vender esse patrimônio aqui, que é muito pequeno na carteira de ativos deles.

 

OP - Quais as condições de pagamento para o Catu Lake?

Marcos Tadeu - Na tabela, pedimos por 20% de entrada e 80% de financiamento. Lembrando que se o cliente tiver potencial para financiar mais do que isso a gente está disposto a ouvir a proposta. Na compra, pode usar inclusive o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) e o saldo financiado pode ser com o banco do cliente. Já tem escritura imediata, juridicamente perfeito. É uma campanha realmente agressiva com o preço abaixo do custo de construção. Com esses R$ 299 mil o cliente vai comprar apartamento no Catu Lake Residence por 114 metros quadrados, três quartos, duas vagas privativas na garagem, elevador, parque aquático, campo de golfe com nove buracos, academia de ginástica, duas quadras de tênis, entre outros.

 

OP - Há expectativa de valorização em quanto tempo?

Jorge - Não tenho dúvida que dentro de cinco ou seis anos esse valor vai dobrar.

 

OP - Qual a expectativa de vendas para essa campanha?

Keltry Sales - A expectativa é de praticamente zerar o estoque que a gente tem, esse final de semana, que são 62 unidades. Porque, sem nem divulgação da campanha a gente teve 20 visitas no final de semana passado. E, apesar do empreendimento ser no Eusébio, o tempo que se leva para chegar até ele é menor em comparação com o que se leva em deslocamentos dentro de Fortaleza.


Jorge - O Catu fica a 25 minutos da Unifor (Universidade de Fortaleza), a 20 minutos do Via Sul. Quanto tempo levo para descer a avenida Antônio Sales? Além disso o Eusébio é um mundo, tem supermercado, shopping, escola... Fortaleza está indo para lá.

 

OP - Como surgiu a ideia de criar o Catu Lake Residence junto com o escritório do arquiteto José Nasser Hissa?

Jorge - Cheguei ao Ceará há 12 anos e tive o privilégio de conhecer o arquiteto José Nasser Hissa, porque ele era o arquiteto do master plan do Aquiraz Riviera (complexo turístico e imobiliário no Porto das Dunas). Conheci ele e sua equipe de competência e de criatividade. A seriedade do Hissa não se encontra em muita gente nesse mundo. Aí desenvolvemos parceria, primeiro de amizade pessoal, com ele e sua família. Quando surgiu a oportunidade de negócio, eu disse que com ele eu topava até o fim do mundo. Encontramos um terreno maravilhoso e decidimos fazer na lagoa do Catu, próximo à CE-040. Também porque nós vimos que a cidade estava crescendo para aquela direção.

 

OP - E como foi firmada a parceria entre a Arboreto e a Brookfield?

Jorge - A Brookfield é uma multinacional gigantesca do Canadá. Tem patrimônio de US$ 225 bilhões. É uma empresa que construiu o estádio de Wembley e do Chelsea na Inglaterra. É uma empresa que está na Austrália, no mundo inteiro. E eles queriam fazer uma expansão no Brasil. Viram o projeto e toparam. Acharam que seria um investimento bem interessante e se juntaram a nós para construir o empreendimento.

 

OP - Em relação ao turismo, já que o senhor trabalha com empreendimentos do tipo, qual sua visão sobre o setor no Brasil e no Ceará?

Jorge - tenho experiência internacional em hotelaria e resort. O turismo, hoje, sem imobiliária não funciona. Hoje, há uma grande indústria independente da parte imobiliária. Quando se fala de imobiliária turística as pessoas não entendem que é uma forma alternativa de alojamento turístico ao hotel clássico. Muita gente aluga seus apartamentos, aluga as suas casas e ganha dinheiro com isso. Portanto é um patrimônio turístico, uma forma de ter leitos que trazem desenvolvimento imobiliário e construção civil. Isso tem que ser mais desenvolvido e se esquecem dessa parte.

 

OP - Com a desvalorização do real ante o dólar, qual a visão do senhor sobre os investidores estrangeiros no Ceará?

Jorge - Penso que vamos continuar a ver investidores aqui. Sinto isso com o Aquiraz Riviera, com alguns estrangeiros que estão vindo e procurando oportunidades. O Brasil ficou mais barato. É o momento de comprar, de investir.

 

OP - O senhor tem planos de novos investimentos no Ceará?

Jorge – Estou voltando para Portugal no fim do ano. Vou me aposentar e passar outro capítulo da vida na terra onde nasci.  

 

SAIBA MAIS


Caio Bento, gerente comercial da Brookfield, detalha, por telefone, como a empresa atua

 

Ela administra US$ 225 bilhões em ativos nos setores imobiliário, energia renovável, infraestruuta, private equity, agronegócios, entre outros

 

Sua sede fica no Canadá, em Toronto, mas se encontra em mais de 20 países, com 55 mil funcionários

 

No Brasil, administram  US$ 40 bilhões em ativos

 

undefined

> TAGS: catu lake catu
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis