TENDÊNCIA. UM QUARTO 18/06/2016

Preço e praticidade são atrativos de imóveis com um quarto

notícia 0 comentários
CAMILA DE ALMEIDA
Pamela Navarro escolheu um compacto por localização privilegiada e praticidade


Comprar um imóvel é um grande investimento e requer reflexão cuidadosa sobre as opções disponíveis. É preciso levar em consideração, por exemplo, a quantidade de espaço necessária para o morador e a quantia que cabe em seu bolso. Como resposta a isso, popularizam-se as opções mais práticas e mais baratas dos apartamentos compactos – incluindo aqueles com apenas um quarto.


 

Segundo Iderval Nunes, corretor e proprietário da imobiliária Novo Lar, a ascensão desse tipo de oferta acontece por alguns fatores, sendo o mais importante deles a localização. Com o preço crescente das moradias nos bairros mais caros, para conseguir morar em boa localização acaba sendo preciso gastar mais. Para equilibrar isso, comprar um imóvel menor pode ser uma solução adequada.


Além disso, o preço do imóvel não é o único gasto reduzido com o tamanho: os custos com a mobília, decoração, manutenção dos equipamentos, limpeza e energia elétrica todos podem ser minimizados. Em alguns casos, até o gasto com transporte pode entrar na conta, visto que muitas vezes o interesse em adquirir um imóvel bem localizado está ligado à vontade de morar perto do trabalho e de opções de lazer.


Renata Ary é diretora da Flatshop, imobiliária especializada em imóveis de pequeno porte, incluindo flats e apartamentos compactos, e conta que esses últimos são os produtos mais procurados. Segundo ela, o mercado para esse tipo de imóvel tem crescido especialmente nos últimos cinco anos.


O público, conforme Iderval, é majoritariamente de pessoas solteiras que procuram morar sozinhas com praticidade. Renata aponta ainda para a procura por parte de casais recém-casados e sem filhos, além de pessoas que se mudaram de outra cidade para cá e aposentados que não moram mais com os filhos e não precisam de tanto espaço.


Como a tendência de quem compra esses apartamentos é aproveitar uma boa localização sem ter que pagar tanto quanto em outros imóveis, os locais mais procurados costumam ser os bairros da Aldeota, Meireles e Varjota, que têm o metro quadrado mais caro.


No entanto, Marcelino Freitas, vice-presidente de compra e venda do Sindicato da Habitação do Ceará (Secovi-CE), pode-se encontrar esse tipo de oferta em qualquer área: “em todo bairro tem”, conta ele.


Pamela Navarro, engenheira, mudou-se do Rio de Janeiro para Fortaleza recentemente e preferiu a comodidade de um apartamento menor. Ela conta que a localização privilegiada é uma das principais vantagens, o que, aliado à infraestrutura oferecida pelo condomínio e o trabalho menor para cuidar do imóvel, fez com que ela preferisse um apartamento desse tipo a um maior. (Anderson Cid, especial para O POVO)

 

DICAS


PRIORIZE A LOCALIZAÇÃO

Esse costuma ser o fator determinante para escolher o imóvel nesses casos, visto que o tamanho reduzido possibilita morar mais perto dos grandes centros.


ATENÇÃO AO QUARTO
Sendo apenas um e portanto o canto do imóvel em que o morador mais deve se sentir em casa, merece atenção especial. Verifique se há espaço o suficiente, se é confortável e se atende às suas necessidades adequadamente.


COMPARE AS TAXAS DE CONDOMÍNIO

Diferenciando-se dos flats exatamente por ter uma taxa de condomínio mais barata, esses apartamentos podem passar a ser menos interessantes se essa diferença é pouco expressiva.


SE HOUVER, CHEQUE A MOBÍLIA

Quando os imóveis são vendidos já com a mobília inclusa, é importante verificar o estado de conservação e a usabilidade desses móveis.

 

undefined

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis