TENDÊNCIA. MOBILIADOS 11/06/2016

Apartamentos que vêm com tudo

notícia 0 comentários
FOTO DIVULGAÇÃO
The Link: entregue com móveis e utensílios domésticos


Como se sabe, o dinheiro desembolsado para pagar o valor da compra do imóvel é apenas uma das despesas com as quais o comprador deve se preocupar durante o processo de aquisição. Um aspecto importante a se considerar é mobília e decoração, que, se o morador não conseguir aproveitar do imóvel antigo, podem não só sair caro, mas também dar trabalho.


Pensando nisso, empresas ofertam oportunidades de adquirir imóveis já prontos para morar. Segundo Maria Lúcia Forti, corretora e gerente administrativa do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Ceará (Creci-CE), apesar de a prática ainda não ser comum em Fortaleza, a tendência é de que ela se popularize com o tempo.


Esses imóveis, ela conta, costumam ser apropriados especialmente para quem ainda não tem muita estabilidade financeira ou está se mudando e não tem os móveis de que precisa. Nesses casos, quando se precisa de uma resolução rápida, comprar já mobiliado pode ser um alívio.


Conforme Maria Lúcia, em alguns casos o proprietário prepara o imóvel para locação, mobiliando por completo, mas eventualmente aparece alguém interessado em comprar e ele aceita a proposta.


Essa estratégia começa a ser adotada pelas construtoras, apostando na conveniência de não ter que se preocupar com o nível de detalhes necessário para mobiliar do zero. A BSPar, por exemplo, não entrega a mobília, mas disponibiliza bônus em crédito para o comprador gastar com itens para mobiliar o imóvel.


Renata Santos, superintendente comercial da empresa, explica que os bônus podem chegar até o valor de R$ 300 mil e podem ser usados em lojas parceiras da construtora. Além disso, o cliente tem a opção de escolher entre dois arquitetos que trabalham com a BSPar para projetar a mobília.


Um deles é Carlos Otávio Oliveira. Ele explica que primeiramente o comprador se reúne com ele para discutir as ideias, estabelecer os limites e começar a visualizar um projeto. O tempo que leva entre esse momento e a entrega do apartamento já pronto para morar depende de como se desenrola o processo, mas costuma ser de entre seis e dez meses.


Ele diz que existem diversos perfis de compradores à procura desse modelo de moradia e que, naturalmente, eles variam de acordo com as particularidades de cada imóvel. Apartamentos com mais de 140 metros quadrados, por exemplo, costumam ser mais buscados por famílias ou casais de entre 30 e 40 anos, em ascensão na carreira, geralmente com filhos. Um menor do que isso, por sua vez, já tem um público mais financeiramente restrito. Renata conta que a BSPar é a primeira no mercado a adotar esse modelo de disponibilidade de crédito ao cliente.


ATÉ AS PANELAS

Já o empreendimento The Link, no Guararapes, é ofertado completamente mobiliado e equipado para o comprador. Gama Filho, sócio-diretor da Tech Construtora, uma das responsáveis pelo empreendimento em parceria com a Fibra, conta que a ideia é que ele seja o mais prático possível, tendo todos os itens necessários para morar, incluindo até toalhas, panelas e talheres. “O apartamento convencional você recebe 100%, com revestimento, pintura, etc. Já esse é 200%, porque já vem 100% equipado e 100% mobiliado”.

 

Segundo Gama Filho, a estratégia é pioneira no Norte e Nordeste e acredita que a tendência é de que esse modelo passe a ficar mais comum com o tempo. Ele lembra que nos Estados Unidos e na Europa isso já é habitual.


O prédio é do segmento de smart home, com os apartamentos tendo entre 45 e 55 metros quadrados. No entanto, diferente de um flat, não oferece serviços como de camareira e lavanderia, o que faz com que a taxa de condomínio seja consideravelmente menor. Além disso, como os apartamentos são compactos, há foco nas áreas comuns, com lavanderia coletiva, sala de estudos e bicicletário com bikes para uso compartilhado.

 

DICAS PARA MOBILIAR

 

ATENÇÃO À COZINHA
Lembre de todos os eletrodomésticos de que vai precisar, para não correr o risco de não deixar espaço o suficiente.


PENSE EM PERSONALIZAÇÃO
É interessante não só deixar a mobília com sua cara, mas também garantir de que ela funcionará de modo adequado ao morador. Pessoas mais altas, por exemplo, podem preferir armários mais altos.


LEMBRE DA ILUMINAÇÃO
A quantidade de luz e o modo como ela incide dentro de casa são partes fundamentais do conforto do morador e dependem diretamente de como a mobília é organizada.


DEFINA O QUE VOCÊ PRECISA
Caso contrário, poderá acabar com menos (ou mais) itens do que de fato será necessário. Número de gavetas em cada lugar, quantidade de roupas e outros fatores devem ser levados em consideração.


DICAS PARA COMPRAR JÁ MOBILIADO


VERIFIQUE A QUALIDADE DOS MÓVEIS
Como os itens da mobília já vêm junto, é preciso ter a mesma atenção com eles que se tem com o imóvel em si.


Atenção ao espaço
Apesar de já mobiliado, o imóvel não vai ter tudo que o proprietário precisa. Cheque se haverá espaço para o que já existe de mobília e o que ainda será levado na mudança.


Segurança e usabilidade
É importante verificar instalações de gás, instalações elétricas, localização do quadro de luz e como os móveis se organizam com relação a esses itens.


Localizações estratégicas
Alguns móveis podem estar mais ou menos propensos a causar problemas dependendo de onde estejam. Um guarda-roupas com fundo para um local onde possa haver vazamento, por exemplo, pode fazer com que as roupas acumulem mofo.

undefined

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis