COOPERCON-CE 14/05/2016

Mais barato e rápido

notícia 0 comentários
{'grupo': 'ESPECIAL PARA O POVO', 'id_autor': 19076, 'email': 'larissa.pacheco@opovo.com.br', 'nome': 'Larissa Pacheco'}
Larissa Pacheco larissa.pacheco@opovo.com.br

 

A Cooperativa da Construção Civil do Ceará (Coopercon-CE) desenvolveu uma tecnologia inédita que tem como objetivo reduzir os desperdícios de materiais e otimizar a execução das construções. O Sistema de Estrutura Pronta (SEP) irá executar e entregar as estruturas de concreto nos canteiros de obra. O projeto piloto começará a funcionar em meados de junho.


Hoje, as construtoras contratam diretamente todos os fornecedores de insumos e serviços. “Ainda tem a mão de obra e é preciso uma equipe de gestão para tudo isso. Com o SEP é possível racionalizar também esse gasto”, comenta João Carlos Lima, presidente da Coopercon-CE.


A racionalização do processo por meio do SEP gera uma economia em torno de 10% no produto final. “Nós encurtamos um processo importante e entregamos uma estrutura toda pronta que representa de 25% a 30% do custo total de uma obra e isso inclusive torna as empresas mais competitivas”, diz.


Para implementar o SEP, a Coopercon reuniu quatro fornecedores e cada um ficará responsável por um insumo. Fazem parte do projeto a ArcelorMittal, responsável pelo aço e cordoalhas, Apodi, pelo concreto usinado, Belgo Pronto, pelo aço já cortado, dobrado e armado, e Impacto Protensão, pelo serviço de protensão. O sistema contará ainda com outros parceiros para oferecer às construtoras uma solução diferenciada no processo construtivo.


Além da redução na quantidade de insumos utilizados nas obras, o SEP representa benefícios quanto à prevenção da deformação e fissuração do produto, prevenindo retrabalho durante as etapas subsequentes de acabamento.

undefined

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis