INQUILINO 30/04/2016

Mercado está bom para alugar

notícia 0 comentários
{'grupo': 'ESPECIAL PARA O POVO', 'id_autor': 18888, 'email': 'atilasantos@opovo.com.br', 'nome': '\xc1tila Varela'}
Átila Varela atilasantos@opovo.com.br
ETHI ARCANJO
Sérgio Porto diz que restrição ao financiamento estimulou alugueis

Diante da instabilidade política e econômica no País, alguns consumidores têm adiado o sonho da casa própria enquanto esperam a tormenta passar. Com isso, quem ganha é o segmento de alugueis, segundo o qual o momento está bom para os inquilinos.

“A oferta em Fortaleza é boa. Basta pesquisar melhor para encontrar preços consideráveis”, resume Flávio Pinto, proprietário da Flávio Imóveis.


Sérgio Porto, presidente do Sindicato da Habitação do Ceará (Secovi-CE), diz que em 2016 houve uma procura maior que dos últimos anos. “O mercado de aluguéis está aquecido. Mas esse crescimento advém da restrição do crédito para o financiamento por parte dos bancos”.


Segundo ele, quem comprou para revender optou para investir na locação. “São os investidores institucionais que acreditam no mercado imobiliário. Se não está bom para venda, optam para o aluguel. Quando as condições ficarem favoráveis, recolocam à venda”.


O proprietário do imóvel também está sensível ao momento econômico. Estão mais sujeitos à negociação para não perder clientes. “O inquilino, quando não está suportando o preço, sem uma renegociação direta com o locatário, tende a desocupar o imóvel”, considera Cristina Chaul, presidente do Sindicato dos Corretores de Imóveis do Ceará (Sindimóveis).


A boa notícia para os inquilinos é que o Índice Geral dos Preços – Mercado (IGP-M), conhecido como a “inflação do aluguel”, recuou de março para abril, passando de 0,51% para 0,33%. O índice é conhecido assim porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários.


Migração

Bernadete Espíndola, especialista em direito imobiliário da Espíndola Imobiliária, diz que houve um aquecimento na busca por alugueis em março. Ela acredita que a tendência é que os preços se estabilizem no segundo trimestre.

Antes de alugar, no entanto, é preciso considerar algumas variáveis e ficar atento. Antes de sair para visitas a residências, tenha em mente as necessidades da família em termos de espaço, distância do trabalho e da escola até a casa e segurança. Para auxiliá-lo na procura, conte com um corretor de imóveis.


DICAS PARA ALUGAR


1 - Faça uma reflexão das necessidades da família em termos de espaço, distância do trabalho e da escola até a casa e segurança.


2 - Procure uma imobiliária para auxiliá-lo.


3 - Dê preferência a imóveis mais novos, com menos de dez anos de construção. Há chance de diminuir consideravelmente o risco com reformas.


4 - Preste atenção a residências cujos proprietários dizem serem reformadas. Elas podem ter sido apenas “maquiadas”. Cuidado, especialmente com os sistemas elétrico e hidráulico. Solicite o histórico de manutenções.


5 - Observe se há umidade dentro de armários e nos ambientes pequenos (isso pode significar que a impermeabilização não foi feita corretamente e você terá problemas com mofo).


6 - Analise se no teto de cômodos que ficam abaixo de banheiros e nas paredes onde as descargas de vasos são colocadas há infiltrações.


7 - Verifique a posição da casa em relação às coordenadas geográficas. Os cômodos (em especial os quartos) devem pegar sol da manhã ou da tarde. Eles devem ficar voltados para o leste ou o oeste. Há casas construídas no sentido norte-sul que são mais frias tanto no verão como no inverno.


8 - Visite a casa em diferentes horários do dia para ver a incidência de luz.


9 - Antes de assinar o contrato de locação, fotografe todos os defeitos que encontrar na casa e peça a rubrica do proprietário do imóvel, para não haver alegação futura de que foi você quem causou os problemas.


10 - O IPTU deve ser pago pelo dono do imóvel, mas é uma cobrança negociável. Mas isso é negociável.


11 - O condomínio é obrigação de quem vai morar no imóvel alugado.


12 - As taxas extras, muito comuns em prédios e condomínios, geralmente são responsabilidade do dono do imóvel, mas dependem do motivo.

 

A oferta em Fortaleza é boa. Basta pesquisar melhor para encontrar preços consideráveis.

undefined

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis