ENTREVISTA. MARQUISE INCORPORAÇÕES 16/04/2016

Um trimestre 33% maior

notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18866, 'email': 'beatrizsantos@opovo.com.br ', 'nome': 'Beatriz Cavalcante'}
Beatriz Cavalcante beatrizsantos@opovo.com.br
JULIO CAESAR/ESPECIAL PARA O POVO
Equipe da Marquise Incorporações: Taiwan Ramires, Marcela Carvalho, Michelle Holanda, Andrea Coelho. Fim de semana é de ofertas

Com declarados 33% de crescimento no primeiro trimestre desse ano ante o mesmo período de 2015, a Marquise Incorporações pretende crescer 15% em 2016. O Valor Geral de Vendas (VGV) pretendido é de R$ 110 milhões. Para ajudar nessa meta, a empresa, que faz parte do grupo Marquise, realiza evento neste fim de semana, com oferta de mais de 300 unidades. É o “Fim de semana exclusivo Marquise”, realizado na Lopes Immobilis, com descontos que ultrapassam R$ 100 mil.

Em entrevista ao O POVO, a equipe do grupo Marquise, além de abordar o evento, ainda fala como consegue se manter estável em cenário de instabilidade econômica. Planejamento faz parte e foco no cliente também. É o que dizem Andrea Coelho, superintendente de obra e operação da Marquise; Michelle Holanda, superintendente comercial; Marcela Carvalho, coordenadora de produto e marketing; e Taiwan Ramires, analista de comunicação e marketing.

O POVO - Como a incorporadora está posicionada dentro do grupo Marquise?

Andrea Coelho - Ao longo de 40 anos o grupo foi se diversificando. Hoje, o grupo Marquise atua nos segmentos incorporação, infraestrutura, serviços ambientais, hotelaria, comunicação, Shopping Parangaba, Ceará Cidadão, mais conhecido com Vapt-Vupt, e o Centro Fashion, que está em construção. Hoje estamos presentes em oito estados e com 15 mil empregos diretos e indiretos. Como o grupo nasceu da Marquise Incorporações, acreditamos que a imagem da incorporadora ajudou o grupo a crescer. A incorporadora é um dos três principais negócios do grupo em conjunto com a infraestrutura e a Marquise Ambiental.

OP - Como foi o primeiro trimestre para a Marquise?

Andrea – Este ano tivemos lançamento do Blue e ainda temos previstos outros empreendimentos. A gente vem fazendo as contas e, comparando o primeiro trimestre desse ano com o do ano passado, batemos 33% acima.

Michelle Holanda – E esse número é sem distrato. É de vendas líquidas. São 33% reais. Na verdade, tivemos somente dois distratos. A gente tem buscado atender o cliente que está passando por dificuldade, que quer renegociar, alocando em outro produto nosso. Então, a gente não tem tido esse problema de distrato efetivo.

OP – Qual a expectativa de crescimento e VGV para este ano?

Andrea – Crescemos 33% em vendas e a nossa meta é 15% de crescimento nesse ano e R$ 110 milhões o VGV.

OP - Para a Marquise, o que diferencia o mercado de Fortaleza dos demais em que atua?

Michelle – Para nós, Fortaleza é um ponto fora da curva, mas, infelizmente não para todos os incorporadores. Eu acredito que seja um ponto fora da curva para os incorporadores que têm credibilidade, qualidade, principalmente respeito ao prazo de entrega e têm flexibilidade nas condições de pagamento. Hoje, não adianta ficar preso. O mercado pede que a gente seja mais flexível, pede que a gente se adeque, muitas vezes, ao fluxo de pagamento do cliente. Isso faz diferença para alguns incorporadores.

OP – Como se posicionam diante da competitividade do mercado de Fortaleza?

Marcela Carvalho– Nossa grande preocupação é zelar pela excelência em todos os aspectos. A gente quer uma planta bem distribuída, quer enxergar que o cliente esteja sendo bem atendido, que as necessidades dele estejam sendo bem supridas. E que ele, depois que recebe aquele empreendimento, não venha a ficar frustrado e venha a querer devolver o apartamento.

OP - O que vai estar disponível no evento desse fim de semana?

Michelle – O Blue Residence, nosso último lançamento, que são apartamentos de 64 m² a 82 m², na rua Monsenhor Bruno, ao lado da praça Luiza Távora. O Royal Palm Residence, que é um produto luxo da Marquise no bairro Guararapes. Ele tem 221 m², quatro suítes, quatro vagas. Ele fica na rua Marinho Holanda, 279, bem próximo ao Iguatemi. Tem também o Bellatrix Residence, que fica ao lado do Royal Palm. São apartamentos de 90 m², três dormitórios, duas vagas, torre única. Tem o Palladium Business Center, que é prédio comercial, na praça Portugal. São salas de 34 m² até 374 m².

OP - Haverá segunda moradia?

Michelle – O Mandara também vai participar dessa campanha. Ele fica próximo ao Beach Park. A gente também vai contar com nosso estoque de prontos. Tem poucas unidades do Grand Parc, próximo à avenida Washington Soares, o Splendido, no Merireles e tem uma unidade do Atlantis Beira Mar. Aí também vai ter o Imperator, com unidades de 138 m² e 145 m², na rua Jornalista César Magalhães, 500. E o Isla Jardin, que é o grande motivador da campanha, pois é um produto que entregamos em junho, julho e agosto, com unidades de 70 m² e 110 m². Ele fica a três quadras da Washington Soares.

OP – E que condições serão oferecidas no evento?

Michelle – Além do leque variado de produtos, vamos sim estar com condições de preço e formas de pagamento que vão buscar se encaixar no bolso do cliente. Cada produto vai ter sua peculiaridade e opção de desconto. Vai haver desconto acima de R$ 100 mil.

OP - Que meios utilizaram para atrair consumidores?

Taiwan Ramires- Redes sociais, TV, jornal, elemídia, e-mail marketing, banner de internet, panfletagem, bandeirada e rádio.

OP – Como fazem o controle de lançamentos neste período?

Andrea - A gente faz monitoramento mês a mês. Fazemos planejamento estratégico de cinco anos, e planejamos também para curto e médio prazo, o ano seguinte e os três próximos anos. Sempre monitorando o que a gente está para lançar no ano, definido junto com os acionistas. E temos que prestar constas mensalmente com eles. A gente faz a simulação em cima da velocidade de vendas para saber quando vai terminar nosso estoque e qual vai ser a margem dos acionistas. Outra preocupação é manter a incorporadora rodando, mas com foco nos funcionários. Os acionistas são muito conservadores. O crescimento da gente é sustentável.

OP - Quantos canteiros de obras a empresa tem hoje?

Andrea - São seis canteiros e quando os funcionários saírem do Isla eles entram de férias e vão para o Bellatrix.

undefined

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis