COMODIDADE. AUTOMAÇÃO 19/03/2016

Automação para residências

notícia 0 comentários
{'grupo': 'ESPECIAL PARA O POVO', 'id_autor': 19078, 'email': 'elvesrabelo@opovo.com.br', 'nome': 'Elves Rabelo'}
Elves Rabelo elvesrabelo@opovo.com.br
MATEUS DANTAS/ESPECIAL PARA O POVO
Marcelo Almeida, da WTI Software

Facilitar e tornar automáticas algumas tarefas habituais são as principais vantagens de um ambiente automatizado. No Brasil, algumas empresas têm investido em tecnologias que trazem comodidade e segurança por meio de um clique. Controle de iluminação, climatização, sistema multimídia, consumo de eletricidade, vigilância e controle de acesso são integrados e atuam em conjunto para terem um melhor desempenho.

 

A automação pode ser aplicada em residências e corporações. De acordo com o diretor da linha @home, da cearense WTI Software, Marcelo Almeida, com a automatização é possível alcançar uma redução no consumo de energia em até 40%. Apartamentos completos ou apenas alguns cômodos podem receber a tecnologia.


Quando voltada para empresas, a eficiência energética, o controle de acesso e a vigilância são os destaques. Existem no mercado sistemas de identificação biométrica e função de abrir a porta. “Condomínios têm utilizado bastante o controle de acesso para tornar mecanizado o processo, reduzindo custos com segurança”, diz Marcelo.


A faixa etária de quem busca por imóveis automatizados hoje no Brasil é de 25 a 30 anos. Segundo o diretor executivo da Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial (Aureside), José Roberto Muratori, segurança, conforto, entretenimento e ter a rotina simplificada são os principais atrativos da automação de um apartamento, por exemplo. “Através de um smartphone você pode controlar todas as funções da sua casa, inclusive a distância”, afirma.


No Ceará

Para Almeida, boa parte do mercado que busca esse tipo de serviço no Ceará ainda é o de luxo. Contudo, a empresa busca oferecer uma tecnologia acessível e a todo tipo de consumidor. Dentre os principais clientes locais estão construtoras, com unidades 100% automatizadas ou apenas alguns ambientes, empresas de rastreamento veicular e administradoras de condomínios. “Apesar de termos um mercado ainda de alto luxo, as coisas estão mudando e esse é um dos nossos objetivos: mostrar que a tecnologia para automação pode ser eficaz e barata”, diz.

 

Já o mercado brasileiro, de acordo com o diretor da Aureside, vem passando por mudanças. “Os jovens, hoje, mais acostumados com a tecnologia são boa parte dos consumidores”, analisa. Os apartamentos pequenos têm grande participação, pois, em sua maioria, são ocupados por essa faixa etária, conclui Muratori.

 

FACILIDADES

Garagem

Com sensores, luzes acendem sozinhas ao detectar a presença do dono e avisam ao demais moradores que alguém chegou.

 

Sala

Com a central de multimídia (TV, Blu-ray etc.) conectada à internet, no momento em que o dono entra no cômodo os equipamentos que ele escolheu ligam-se sozinhos.

 

Quarto

Morador pode programar um horário para que as persianas/cortinas sejam abertas ou fechadas automaticamente.

 

Cozinha

Equipada com sensores de fumaça, gás e alagamento, o sistema envia mensagem de alerta para o dono da casa.

 

Lavanderia

Com a máquina de lavar conectada à internet, o morador pode acionar, à distância, o ajuste do nível d’água e receber avisos se o aparelho tiver problema técnico.

undefined

espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis