PERSONALIZAÇÃO 17/06/2015

Nem precisa reformar

notícia 0 comentários
Compartilhar

Para evitar reforma no apartamento, construtoras e incorporadoras oferecem opções de projetos variados e personalização do apartamento para quem compra na planta. Assim, evitam-se gastos em ter que derrubar e levantar paredes.

Marcelo Prado, diretor comercial da Manhattan, diz que ter várias opções de planta é fundamental para o sucesso do empreendimento. “Quando você limita, você limita também o público-alvo, que está cada vez mais diversificado”, diz. Por isso, no edifício New York Park, a construtora oferece ao cliente escolher quantos quartos quer ter. “Tem gente que prefere uma sala maior e outros que escolhem três ou quatro quartos”.


A personalização já é outro estilo de escolha, pois além de definir a planta, já se escolhe como o apartamento vai ficar, dentro dos limites do que a construtora pode oferecer. “A gente não pode falar de personalização em um apartamento com 400 unidades, mas em imóveis maiores de um ou dois por andar”, explica Marcelo.


No caso da diversificação de planta, não há adicional de valores, mas na personalização sim. O preço varia de acordo com os materiais escolhidos. “Quando se personaliza, pode ser que haja crédito para o cliente se ele escolher um produto mais barato do que o que a construtora colocaria, mas geralmente escolhem-se produtos mais caros. Então é raro esse crédito”, avalia Pamela Neves, coordenadora comercial da WR Engenharia. Hoje, a empresa oferece opções de duas a três plantas no empreendimento Reserva Castelli.


Felipe Capistrano, gerente comercial e de incorporação da Mota Machado, diz que a empresa tem um setor exclusivo para tratar de personalização. “Vai desde a escolha do layout do imóvel até os pontos elétricos”. (Beatriz Cavalcante)

undefined

> TAGS: 0
Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis