MERCADO. INVESTIMENTO 03/06/2015

Dicas para investir bem no mercado imobiliário

notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18735, 'email': 'nathaliab@opovo.com.br', 'nome': 'Nath\xe1lia Bernardo'}
Nathália Bernardo nathaliab@opovo.com.br
Compartilhar

 

O momento é bom para quem pretende investir em imóveis. Os preços subindo abaixo da inflação significam queda real. Com isso, o retorno será maior quando o mercado retomar seu ritmo de valorização. E não é preciso ter centenas de milhares de reais para começar.


Os fundos imobiliários são opções mais acessíveis, já sendo possível tornar-se um cotista com a partir de R$ 5 mil. “Para investir em imóveis, é preciso muito dinheiro. Quem tem pouco dinheiro pode fazer esse investimento a partir do fundo”, lembra Paulo Matos, professor de Finanças da Universidade Federal do Ceará (UFC).


Ao comprar uma cota, você passa a ser sócio de empreendimentos imobiliários. Eles são escolhidos pela gestora do fundo, com retorno vindo da valorização dos imóveis ou da locação. Outra vantagem, além de ser acessível ao pequeno investidor, é a mitigação do risco, já que o dinheiro é aplicado em diversos empreendimentos - como residenciais e comerciais.


“O dinheiro que o investidor aplicaria em um apartamento, ao ser colocado em um fundo, vai ser aplicado em vários. Com isso, a chance de dar certo é bem maior”, diz. Ele destaca a importância de pesquisar e escolher bem o fundo.


Mais opções

Para quem prefere um investimento ainda mais palpável na área imobiliária, Sérgio Porto, presidente do Sindicato da Habitação do Ceará (Secovi-CE), indica compra de terrenos, que são mais baratos que unidades construídas e têm valorização maior. “Para um bom retorno, é preciso investir em áreas que estão se adensando ou que passarão por isso”. Como exemplo, cita os municípios de Caucaia, São Gonçalo do Amarante e o bairro Messejana. “Quando você vai para bairros que já tiveram grande valorização, como a Aldeota, o retorno é menor. Mas você tem liquidez bem maior”. Ele lembra que terrenos exigem cuidados, como cercamento e limpeza. “É preciso visitar o terreno de vez em quando”.

 

Também mais barato que imóveis prontos são unidades na planta, cujo retorno é garantido. É uma aposta na incorporadora, com investidor assumindo risco e espera. José Carlos Gama, vice-presidente da área Imobiliária do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon-CE), cita como áreas boas para quem vai vender: Aldeota, Guararapes e Fátima. “São regiões de franco desenvolvimento, que têm demanda maior de potenciais compradores”. Já para locação, indica unidades para as classes C e D. Como bairros de destaque, aponta Castelão, Álvaro Weyne e Messejana.


Porto também ressalta diferenças nos perfis dos imóveis para locação e venda. “Os apartamentos mais facilmente vendidos são de três quartos, que se adequam melhor às famílias. Para locação, o de dois quartos. Eles são menores, se rentabilizam melhor e têm mais rotatividade, permitindo reajustes maiores nos aluguéis”.


Outra opção são salas comerciais. Nesse caso, especialistas apostam em regiões que já tenham serviços bem desenvolvidos ou que tendam a isso. Além das áreas tradicionais, como as avenidas Santos Dumont e Washington Soares, entorno de shopping também é boa opção.


NÃO ESQUEÇA


TERRENOS PARA VENDA Áreas mais distantes do Centro da Cidade têm mais terrenos disponíveis e por melhores preços


A RENTABILIDADE também é maior


SE DESTACAM Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Eusébio e Messejana


O TERRENO exige algum cuidado, como cercamento e visitas periódicas. Isso pode evitar acúmulo de lixo e invasão


APARTAMENTOS E CASAS PARA VENDA


A COMPRA na planta é garantia de rentabilidade quando o imóvel ficar pronto


AS CONDIÇÕES são melhores na compra de um imóvel novo


APARTAMENTOS com três quartos têm maior liquidez


BAIRROS CONSOLIDADOS – como Meireles e Aldeota - têm menor retorno e maior liquidez


VALE APOSTAR em regiões menos centrais, como Messejana e Cambeba


UM IMÓVEL novo é ideal para quem não quer muito trabalho. Um usado, para que haja ganho maior, precisará de reforma


APARTAMENTOS E CASAS PARA LOCAÇÃO


NÃO DEIXE de visitar o imóvel entre um contrato de aluguel e outro


UNIDADES com dois quartos têm mais rentabilidade


IMÓVEIS para as classes C e D se destacam


ALÉM DE ÁREAS tradicionais da Cidade, vale apostar nas regiões em desenvolvimento, como Messejana e Castelão


Salas comerciais terão maior rentabilidade se estiverem em áreas que concentram serviços e próximas a regiões residenciais


FUNDOS IMOBILIÁRIOS


AO ADQUIRIR uma cota, você se torna “sócio” de um empreendimento imobiliário


AS ADMINISTRADORAS são obrigadas a publicar balanços, que costumam ter defasagem de um mês. Mas os estude antes de escolher em que fundo você aplicará seu dinheiro. Veja que tipos de imóveis compõem a carteira. O momento está melhor para comerciais que para residenciais


PESQUISE taxas que as administradoras cobram. Algumas, por exemplo, cobram taxa de desempenho.

 

undefined

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis