FINANCIAMENTO. CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 06/05/2015

O que muda com a redução de financiamento para imóveis usados

notícia 1 comentários
Compartilhar

Desde o início da semana, estão valendo mudanças de regras da Caixa Econômica Federal, banco que detém 70% dos financiamentos imobiliários no País, para compra de imóveis usados.

 

O limite de financiamento nas operações com recursos da poupança (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo) passará de 80% para 50% do valor do imóvel em operações do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e de 70% para 40% no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), pelo Sistema de Amortização Constante (SAC).


Com as mudanças, quem comprar imóvel usado pelo SFH, que precisava de uma entrada mínima de 20%, terá de dar uma entrada de, pelo menos, 50% e financiar a outra metade. No caso do SFI, o comprador, que podia dar uma entrada mínima de 30%, terá de pagar pelo menos 60% do valor do imóvel, financiando com a Caixa no máximo 40%.


Outros bancos

Miguel José Ribeiro, diretor executivo de estudos e pesquisas econômicas da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) diz que as mudanças afetam principalmente a classe média, que tem dificuldade de dar uma entrada.

 

“No momento em que a economia entrar no ciclo normal, ano que vem, os bancos devem reduzir a taxa de juros. Quem se programou e quer comprar logo, pode recorrer a outros bancos”, analisa Miguel.


Para o economista Eduardo Araújo, presidente do Conselho Regional de Economia do Espírito Santo (Corecon-ES), as novidades devem afetar mercado imobiliário e construção civil. “Quem comprar com essas novas condições vai pagar menos juros, já que financia um montante menor. Acaba se criando uma situação em que força o indivíduo a fazer uma poupança maior”, diz. (Viviane Sobral)

undefined

Compartilhar
espaço do leitor
Celio 06/05/2015 15:39
Reporteres desinformados. Tem que informar ao público que os demais bancos (BB por exemplo), permanecem as mesmas condições, não afetando o mercado, visto que o cliente tem outras opções.
1
Comentários
500
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis