MERCADO. ALUGEL 25/03/2015

Oito dicas para não errar na hora de colocar seu imóvel para alugar

"Em Fortaleza, um imóvel residencial tem levado, em média, três meses para ser alugado"
notícia 1 comentários
Compartilhar

Na hora de procurar o imóvel, o anúncio atrai o locador. A localização chama atenção, o número de quartos é suficiente, a área de lazer atende a demanda. Tudo parece favorável, até que na hora da visita ou de fechar contrato, algumas situações emperram o negócio. O POVO consultou especialistas do ramo de locação e enumerou oito erros que podem afastar inquilinos em potencial e deixar o imóvel vago por mais tempo.

 

Em Fortaleza, um imóvel residencial tem levado, em média, três meses para ser alugado, de acordo com as imobiliárias procuradas consultadas. Em caso de unidades comerciais, o tempo sobe para quatro a cinco meses. Tudo, entretanto, é bastante relativo, já que há casos em que basta anunciar que aparecem interessados.


Mas se passa o tempo e o imóvel segue sem ocupação, a “culpa” pode ser do proprietário. Por isso, é importante checar o que pode ser repensado, entre condições impostas e questões estruturais. Nesse aspecto, a má conservação foi o ponto mais citado.


“O inquilino pode não querer nem poder fazer um grande investimento para deixar o local melhor. E tem tantas outras opções no mercado que ele não precisa ficar refém de uma única possibilidade”, indica Marcelino Freitas, proprietário da Marcelino Freitas Imóveis. “O dono deve manter e ter o capricho de deixar bem cuidado e exigir que entregue conservado”, orienta.


Segundo Germano Belchior, presidente da Administradores de Imóveis do Ceará (Aadic) e diretor superintende da Alessandro Belchior, os bairros mais procurados ainda são Aldeota, Meireles, Bairro de Fátima, Guararapes, Cocó. Entre os residenciais, a busca é mais intensa por apartamentos de 60 a 100 metros quadrados, com dois ou três quartos. “Mas tem público pra tudo”, lembra.


Mais de 90% das unidades imobiliárias alugadas em Fortaleza, de acordo com Germano, estão com as administradoras, que já orientam a fim de evitar os erros que emperram o aluguel. “No caso de quem opta por fazer a locação direta, muitas vezes a pessoa não está podendo investir para melhorar a estrutura, ou acredite que vai conseguir fazer negócio mesmo cobrando o valor acima do avaliado. Mas a maioria está procurando adaptar”, avalia.


E ele alerta para outros problemas: “há quem tente estar na autogestão e não se atenta para os riscos que envolvem uma locação direta. As pessoas que não têm bons cadastros buscam primeiro as pessoas que estão locando individualmente, que não tem expertise para avalar um cadastro com critério”, alerta. (Viviane Sobral)


NÃO ESQUEÇA

VALORIZADOS. Os bairros mais procurados para locação ainda são Aldeota, Meireles, Bairro de Fátima, Guararapes e Cocó 

 

APARTAMENTOS. Os imóveis compactos, de no máximo até 100 m², são os mais requisitados por quem quer alugar

 

undefined

Compartilhar
espaço do leitor
Mark 25/03/2015 10:34
Atuei como proprietário e também inquilino com a SJ Imóveis e não recomendo a ninguém. Tive bastante prejuízo.
1
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis