Telhados verdes 04/03/2015

Telhados verdes reduzem consumo de energia e temperatura

notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18866, 'email': 'beatrizsantos@opovo.com.br ', 'nome': 'Beatriz Cavalcante'}
Beatriz Cavalcante beatrizsantos@opovo.com.br
CAMILA DE ALMEIDA
A designer Katarine Medeiros afirma que o telhado verde diminui a temperatura do seu imóvel
Compartilhar

Pouco propagado em Fortaleza, mas tendência no Sudeste, os telhados verdes ajudam a reduzir o consumo de energia e a temperatura ambiente de um imóvel em até 4 graus celsius.

 

Tecnologia que utiliza plantas naturais, terra e água, o teto verde precisa de correta impermeabilização para evitar infiltrações no imóvel. O custo varia entre R$ 800 a R$ 1000 o metro quadrado (m²), podendo ser maior dependendo do sistema implantado.


“Atualmente há um número restrito de empresas e profissionais capacitados para executar os telhados verdes e um número ainda menor de fornecedores de componentes para sua construção”, diz em nota o Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS), justificando o custo elevado para implantar o equipamento.


Marcela Brasileiro, arquiteta, também diz que os vários tipos do sistema são caros no Brasil. Porém, para quem pode, investir no telhado verde traz o benefício climático, afirma, com a propriedade de quem já o implantou em uma residência no Alphaville Fortaleza.


A casa em que tem telhado verde é da designer de interiores Katarine Medeiros. “A cobertura verde fica por cima da laje e resfria o ambiente. Sem a vegetação, a laje receberia toda a incidência da luz solar”, esclarece. Assim, juntamente com o telhado verde e estrutura arquitetônica diferenciada, o imóvel recebeu o prêmio de melhor arquitetura do Ceará em 2011 do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB).


Outras construções com tetos verdes ainda são difíceis de encontrar em Fortaleza. Como ainda não há regulamentação para a aplicação do sistema natural, a Mota Machado optou por aplicar um “conforto visual” no topo de alguns edifícios com o uso da grama sintética, segundo Thaís Pinheiro, coordenadora de Planejamento e Controle da Produção da Mota Machado. É o caso do empreendimento da construtora, Riviera Beach Golf Residence, em Aquiraz.

 

Redução de calor

Dentre as alternativas para atingir o conforto térmico em edificações existem as superfícies frias ou reflexivas. Bem como o teto verde, elas podem ser aplicadas em coberturas de edificações, sendo também viáveis para a construção de ruas e espaços públicos. “O uso generalizado de superfícies reflexivas poderia levar ao resfriamento das cidades e do planeta, mitigando os efeitos do aquecimento global”, enfatiza o CBCS.

 

Quem utiliza desse recurso de teto reflexivo é a C.Rolim Engenharia, com a utilização da tinta hydronorth (telhado branco). Com essa tecnologia, a construtora obteve pontuação na Certificação LEED (selo que certifica a sustentabilidade de uma edificação), referente à redução do efeito de ilha de calor nos telhados. “A tinta utilizada no Paço das Águas (bairro Dionísio Torres) reflete cerca de 82% da energia solar”, diz Angela Saggin, da Coordenação Lean e Green da C.Rolim.


Além do teto reflexivo, a empresa também incorporou o teto verde em algumas áreas do Paço das Águas, com vegetação na laje do térreo do edifício e no contorno da varanda do mezanino.

 

Altos

1. Teto verde reduz a temperatura ambiente do imóvel

 

2. Reduzem ruídos externos

 

3. Purificam o ar

 

4. Podem ser utilizados para fazer a captação de água e utilização dessa água

 

5. Economiza energia, pois reduz a necessidade de aparelho de ar-condicionado e ventiladores


Baixos

1. A cadeia de fornecedores de tetos verdes no país é ainda incipiente
 

2. Telhados verdes mal instalados podem causar infiltrações e trazer consequências negativas para a saúde pública: problemas cardiorrespiratórios

 

3. Exigem projetos e construções especiais, aumentando o custo de qualquer obra

 
4. Precisam de manutenção frequente em itens como controle de raízes,irrigação, entre outros

undefined

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis