CARACTERÍSTICAS. RESIDÊNCIA DE LUXO 25/02/2015

O que os imóveis de luxo têm que os outros não têm?

notícia 0 comentários
{'grupo': '', 'id_autor': 18866, 'email': 'beatrizsantos@opovo.com.br ', 'nome': 'Beatriz Cavalcante'}
Beatriz Cavalcante beatrizsantos@opovo.com.br
CAMILA DE ALMEIDA
As três primeiras fotos são projetos do apartamento de luxo no prédio Absoluto Parque do Cocó, da J.Simões. Previsão para março de 2018
Compartilhar

Os residenciais de luxo têm seus diferenciais. Eles não precisam ser necessariamente grandes, podendo ser compactos, mas têm materiais mais nobres, arquitetura e design modernos, além de boa localização.

 

Portanto, as construtoras que trabalham exclusivamente com o público classe A e B constroem seus empreendimentos em bairros como Aldeota, Meireles, Cocó e Guararapes. Com variação do metro quadrado (m²) específica para cada uma dessas regiões.


Segundo Marcelo Prado, diretor comercial da Construtora Manhattan, no Guararapes o m² varia de R$ 8 mil a R$ 10 mil, enquanto na Aldeota e Meireles o valor vai de R$ 12 mil a R$ 14 mil. No Cocó é entre R$ 9 mil e 10 mil o m². Se falar em valores vendidos na planta há redução: Guararapes encontra-se por R$ 7 mil o m²; Cocó R$ 8 mil; e Meireles e Aldeota cai para no máximo R$ 12 mil, avalia Prado.


Para ele, o empreendimento de luxo nunca vai entrar em crise. “Vai ter sempre o seu nicho de mercado. Naturalmente, o termo já diz tudo: é uma pequena parcela da população. Portanto o mercado não pode ter uma super oferta deles”, diz.


Diferenciais

Em termos de design, imóveis de luxo têm a tendência do uso de vidros reflexivos - verde, azul. Em relação a espaço, além dos apartamentos terem exclusividade de corredor e elevadores, há internamente varanda gourmet e externamente as áreas de lazer completas: “com academia, profissionais na academia, áreas comuns decoradas e ambientadas, papéis de parede, piscina, iluminação de led”, enumera Daniel Otoch Simões, diretor comercial da J. Simões Engenharia.

 

Um diferencial recente em Fortaleza, mas já utilizado no mercado do Sudeste, são as assinaturas nos empreendimentos, como ter o paisagismo e o desenho das recepções e guaritas assinadas por alguém de renome.


“Nos apartamentos de luxo tem-se a possibilidade de personalização ainda na planta. E nas áreas comuns já se entrega com automação, além de predisposição de automação em cada apartamento”, destaca Felipe Capistrano, gerente comercial e de incorporação da Construtora Mota Machado.


Por último, a arquiteta Liana Otoch, sócio-proprietária da Trê Arquitetura e Design, diz que nas unidades de luxo usa-se muita pedra mármore e porcelanato. “A conduta do nosso escritório é investir em espaços mais amplos, mas como hoje os apartamentos têm metragem menor, a gente tenta otimizar, dando a noção de amplitude com a integração dos ambientes”, complementa.

 

MUITO GLAMOUR


GERALMENTE localizam-se nos bairros: Aldeota, Meireles, Cocó e Guararapes

VARIAM de R$ 8 mil a R$ 14 mil os imóveis prontos 

NA PLANTA a variação diminui para R$ 7 mil a R$ 12 mil

NÃO PODE haver super oferta dos apartamentos de luxo 

TENDÊNCIA de uso de vidro reflexivo

APARTAMENTOS com exclusividade de hall e elevador 

ELEVADOR codificado ou com biometria

 

TEM MAIS


VARANDA GOURMET

ÁREA DE LAZER completa, já decorada

ASSINATURA de profissional de renome no paisagismo e desenho das recepções ou guaritas dos prédios

AUTOMAÇÃO das áreas de lazer e do apartamento
UTILIZAÇÃO de pedras nobres, como mármore

OTIMIZAÇÃO dos espaços, com integração dos ambientes

undefined

Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis