11/02/2015

Elevador

notícia 0 comentários
Compartilhar

 

INSCRIÇÕES ABERTAS

 

Prêmio Master Imobiliário
Estão abertas até o dia 27 de março as inscrições para o Prêmio Master Imobiliário 2015. Promovido pelo Secovi-SP e Fiabci/Brasil, com apoio da CBIC, o objetivo é premiar os melhores cases imobiliários de todo o Brasil nas categorias profissional e empreendimentos, valorizando e estimulando o empenho das empresas e profissionais do setor. Os interessados podem enviar os trabalhos que se destaquem pela criatividade e inovação, uso de tecnologias avançadas, sustentabilidade, ocupação urbana inteligente e outros aspectos que resultam no melhor atendimento das necessidades imobiliárias da sociedade até 30 de abril. Os vencedores serão anunciados no dia 2 de setembro em São Paulo. Mais informações: (11) 5078.7778.

 

MCMV

 

Lei estende recolhimento unificado
A lei 13.097/2015 introduziu alterações em diversas legislações vigentes. Dentre elas, a que altera a Lei 10.931/04 para estender até 31 de dezembro de 2018 o prazo de vigência de recolhimento tributário unificado no percentual de 1% incidente sobre receita mensal recebida pelas incorporações incluídas no Minha Casa, Minha Vida (MCMV) e iniciadas a partir de 31 de março de 2009. O prazo estava previsto para expirar em 31 de dezembro de 2014. Altera também a Lei 12.024/09, estendendo até 31 de dezembro de 2018 o prazo de vigência do recolhimento tributário unificado no percentual de 1% sobre a receita auferida pela construção de unidades habitacionais de valor até R$ 100 mil, no âmbito do MCMV. A Lei ainda dispensa o pagamento de multas pela não entrega da GFIP, ou pela entrega da guia com incorreções, no período compreendido entre 27 de maio de 2009 e 31 de dezembro de 2013.

 

IBGE

 

Custo da construção reajusta 6,1% em janeiro
O custo da construção encerrou janeiro em R$ 933,62, o metro quadrado, incluindo as despesas com material e mão de obra. O valor não sofreu alteração em relação ao praticado em dezembro de 2014, mas apresentou reajuste de 6,1% na comparação com o 1º mês de 2015. O número foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio do Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi). Os custos com os materiais foram os que mais pesaram em janeiro, com R$ 525,67, representando 56,3% do valor total. Já a mão de obra custou R$ 407,95, equivalente a 43,7% do total. Na comparação das despesas com esses itens em janeiro do ano passado, houve alta de 5% e 7,6%, respectivamente.

 

undefined

> TAGS: 0
Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis