28/01/2015

Elevador

notícia 0 comentários
Compartilhar

LETRA IMOBILIÁRIA

 

LIG estará disponível este ano

A Letra Imobiliária Garantida (LIG) foi oficializada na semana passada, depois de passar pela presidente Dilma Rousseff com a publicação da Lei n.º 13.097. A nova letra poderá ser utilizada para financiar a compra de imóveis. O papel ainda poderá ajudar a conter o aumento do custo do crédito imobiliário, que aumentou com a alta do juro básico e pelo ajuste da taxa de financiamento da Caixa Econômica Federal.A opção financeira atrelada ao mercado imobiliário poderá estar disponível no primeiro semestre.

 

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO


Pior desempenho desde 2009

A indústria de materiais de construção teve o seu pior ano em 2014 desde 2009. O setor encerrou dezembro com retração de 6,6% nas vendas e espera, este ano, um aumento de apenas 1% acima da inflação, segundo estimativa da Associação Brasileira de Materiais de Construção (Abramat). Com o cenário de desaceleração da construção civil, o setor de materiais deve ser impulsionado pelas pequenas reformas.

 

ATÉ 2024


País terá 16,8 mi de novas famílias

Hoje, 5,2 milhões de famílias não têm moradia e esse número deve aumentar, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). A pesquisa aponta que, até 2024, o País terá 16,8 milhões de novas famílias. Desse total, 10 milhões terão renda familiar de até três salários e poucas chances de comprar imóvel. Assim, será necessária a construção de, pelo menos, 22 milhões de unidades, já incluindo o déficit atual. Para atender metade dessa demanda, serão necessários R$ 760 bi, R$ 76 bilhões ao ano. Em 5 anos, o Minha Casa, Minha Vida (MCMV) entregou aproximadamente a metade do que foi prometido.

 

PRÊMIO


Empresas que mais venderam em 2014

A Lopes Immobilis realizou o Flash Imobiliário e premiou empresas com melhor desempenho de vendas em 2014. A primeira posição em Volume de Lançamentos Imobiliários ficou com a BSPAR, seguida da Mota Machado e da Diagonal. Na categoria Volume Geral de Vendas (VGV), a BSPAR ficou em primeiro, com a Magis e Mota Machado em segundo e a Moura Dubeux, em terceiro. A avaliação considera: foco exclusivo em imóveis verticais e horizontais, residenciais e comerciais em Fortaleza e Região Metropolitana. Em 2014, o mercado cearense atingiu R$ 4 bilhões em lançamentos, com crescimento de 8,9% comparado a 2013. Foram lançadas 8.397 unidades.

undefined

> TAGS: 0
Compartilhar
espaço do leitor
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro a comentar esta notícia.
0
Comentários
300
As informações são de responsabilidade do autor:
  • Em Breve

    Ofertas incríveis para você

    Aguarde

ACOMPANHE O POVO NAS REDES SOCIAIS

Jornal de Hoje | Imóveis